ESPECIAL CORONAVÍRUS: É HORA DE EXPLORAR OS CANAIS DIGITAIS

Confira nosso material especial e siga os passos para aumentar suas vendas.

Você sabia que 99% dos estabelecimentos do Brasil são micro e pequenas empresas? E que elas respondem por 52% dos empregos com carteira assinada no setor privado (16,1 milhões)? Pois então, pode-se dizer que esta categoria forma a economia nacional e, neste momento de pandemia do coronavírus, é a mais impactada pela crise.

(Foto de Kevin Frayer/Getty Images)

Segundo reportagem do site Tecmundo, fala-se em 40 milhões de desempregados, penalizando principalmente as classes mais baixas, como empregados autônomos, diaristas, prestadores de serviço, pequenos comerciantes e produtores de bens não essenciais. Na outra ponta, os consumidores também estão procurando soluções.

Neste conteúdo, pretendemos auxiliar e orientar micro e pequenos empresários a anunciarem seus produtos e serviços para aumentar suas vendas a partir das redes sociais na crise da pandemia da COVID-19. Unindo as duas pontas, empresas e consumidores estarão mais próximos, mesmo que seja online!

Quem eu sou e quem é meu cliente?

O primeiro passo para uma marca se comunicar de forma clara no mercado é ela se conhecer profundamente. Ninguém pode saber mais sobre o seu negócio do que você mesmo e, para facilitar esta compreensão, algumas dicas simples podem fazer toda a diferença. Responda perguntas básicas como: O que eu faço? Para quem eu faço? Como eu faço? Quando eu faço? Assim você terá uma linha que envolve a sua oferta, seu mercado, seus diferenciais e frequência de atendimento.

Um bom questionário de desenvolvimento organiza todas as ideias envolvidas na sua comunicação. Sempre aplicamos um modelo específico para iniciarmos e reposicionarmos as nossas relações de parceria. Separamos em duas principais áreas:

Descritivo da Marca Jornada de Compra
– Foco na sua empresa – Foco no seu consumidor
– Nome da marca, cores, inspirações – Como ele te conhece?
– Problema e solução que você resolve – A partir de que momento ele escolhe a sua solução?
– Descrição dos canais utilizados e forma de uso (de eventos e loja até cada rede social) – Como é o diálogo entre o consumidor e a marca a partir da compra?

Uma estratégia que utilizamos sempre é a de centralizar o conteúdo completo em um canal e, a partir dele, adaptar os textos para os demais canais. De forma prática: o site institucional da Gama concentra grande parte do conteúdo escrito sobre a agência. E em cada novo canal que utilizamos criamos versões a partir do site, seja para descrição nos nossos perfis de redes sociais como Instagram e Facebook ou para o uso em matérias especiais em veículos de comunicação ou site de parceiros. Ou seja, seguimos o roteiro original do site!

Dica de Ouro!
Reduza ao máximo o que é a sua empresa, em uma frase, mantendo a essência do que você entrega. Como inspiração, a Visão da Disney: Criar um mundo onde todos possam se sentir crianças.
E o Seu Walt mandou bem na descrição, né?!

Você precisa dialogar

Todas estas técnicas para expressar de forma clara e rápida o que a sua empresa faz têm um grande objetivo: captar um novo cliente. Sim, todos precisamos vender constantemente e a nossa comunicação é a gasolina para percorrermos este trajeto. Mas o que é mais importante do que informar bem o que eu faço para um novo cliente? Informar bem o que eu estou fazendo e o que posso fazer melhor para um potencial cliente!

Você precisa manter diálogo constante com os seus consumidores, independentemente do que você vende (produto ou serviço) e de qual a frequência que essa venda ocorre (pontual ou recorrente). Você pode explorar algumas ações que estejam mais alinhadas a este perfil de consumidor. Se ele recompra constantemente, procure entender o que ele mais valoriza para tomar essa decisão e o que pode ser melhorado. Mensagens de texto, whatsapp e e-mail podem funcionar. Caso a compra seja pontual e envolvendo um investimento maior, telefonemas após um determinado período mostrarão a importância que a sua marca deu para ele e podem aproximar novos consumidores que ele pode vir a indicar.

A sua empresa é ou não é digital?

Esta crise impactou todas as pessoas e mercados, não importa o porte. Visualizamos dois principais grupos de empresas neste cenário: as empresas que já atuavam de forma digital e as empresas que ainda não exploravam esta possibilidade. Neste sentido, vamos dar algumas dicas específicas para cada um dos casos.

Sou Digital

Se a sua empresa já possui atuação digital por meio de canais como redes sociais, e-commerce ou outros, é muito provável que você já tenha certa organização no que deve ser distribuído de conteúdo ao longo de uma semana ou um mês. Separamos duas dicas de sucesso para você utilizar neste período.

1) Invista em Publicidade nas redes sociais

A publicidade nas redes sociais cresce agressivamente ano após ano e elas se configuram como o canal indispensável para a sua marca. A facilidade de divulgar aliada ao alto grau de refinamento de público e ferramentas para controle das ações fazem com que o investimento em propaganda aqui seja muito melhor do que em meios tradicionais e físicos.

E o momento de crise se mostra ainda mais promissor, sabe por quê? Porque no momento que você ativa uma campanha digital no Facebook e/ou Instagram e escolhe uma verba para tal, automaticamente você participa de um leilão para a compra de uma espécie de cotas para publicidade. Estas cotas equacionam o volume de pessoas investindo e o volume de pessoas que podem ser impactadas com o alcance destas ações. Com a crise, o número de anunciantes diminuiu e isto refletiu em um custo de aquisição de público muito menor que o habitual, ou seja, o mesmo valor que você investia até a pandemia se espalhar por aqui, hoje vai atrair muito mais pessoas interessadas pelo seu produto ou serviço.

2) Alinhe seu discurso com grandes instituições

O coronavírus reforçou um hábito para parte da população e criou o mesmo em outra parte: consumir excessivamente determinado assunto, o que reflete em muitos “experts de boteco”, aquelas pessoas que sabem direitinho como criar soluções para cada problema que surge, seja ele na saúde ou na economia. Mas a gente sabe que não é bem assim.

Por isso, autoridade e legitimidade nas mensagens que a sua marca transmite podem colaborar para reforçar a confiança do seu consumidor neste momento. Pense em tudo o que falamos sobre como conhecer sua marca, seus objetivos e reduzir em uma frase. Agora tente identificar grandes instituições, sejam elas governamentais ou não, para fazer um alinhamento de discurso. Por exemplo, se você tem uma pet shop este é o momento de filtrar informações técnicas e sérias sobre os cuidados que você deve ter com seu pet nos tempos de crise. Publicações com um apelo “Mitos e Verdades” sobre o tema tendem a funcionar muito bem com os seus consumidores.

Não sou Digital

Se a sua empresa não explorava canais digitais até a pandemia bater na nossa porta, com certeza você já reconsiderou esta ideia. Como as dicas acima estão um pouco mais avançadas (mas ainda assim você pode explorar, caso se sinta seguro), separamos duas dicas fáceis e de grande impacto para você.

1) Ative as redes sociais

Sim, está mais do que na hora de você utilizar este canal fundamental para o sucesso. Para ativar uma ou mais contas de rede social, siga alguns passos rápidos: defina a rede que você vai usar e crie o perfil. Descreva de forma direta o que você faz e qual é o seu diferencial. Além disso, organize a sua oferta de conteúdo e ofereça diariamente para os seguidores novos materiais. Explore fotos dos seus produtos, descrição dos seus serviços, depoimentos da sua equipe ou seus, enfim, agora é o momento de estar presente de forma constante na rotina do público. E acredite, quanto mais melhor! Ainda mais em tempos de quarentena. Esta dica vale também para as empresas que têm perfis nas redes sociais mas não costumam atualizar com novos conteúdos.

Alguns mercados podem explorar ainda mais esta possibilidade, pois são considerados essenciais para a economia. Como exemplo, esta empresa da nossa cidade (São Leopoldo): O Hortifruti Bianchi ficou mais de 190 semanas (desde 2016) sem postar nenhum novo conteúdo nos seus perfis do Instagram e do Facebook. Há duas semanas reativou sua comunicação, atualiza diariamente suas postagens e até criou destaques com vídeos e fotos dos clientes marcando a empresa.

2) Ative canais de distribuição

Este é outro caminho muito simples, ágil e de muito sucesso! Além de todos os benefícios que citamos na escolha das redes sociais para a aproximação e gestão da sua comunicação com o mercado, a globalização da informação por meios digitais oferece uma gama muito ampla de ferramentas e empresas com oferta de soluções gratuitas para o seu negócio. Os exemplos são incontáveis, mas vamos pensar no mercado da alimentação e bebidas, que falamos acima e está sendo fortemente impactado por esta situação. Plataformas como Ifood, Rappi e Uber Eats são excelentes oportunidades de você oferecer seus produtos em canais que contam com público massificado, facilidade para pagamento e logística digital consolidada. Além disso, alguns canais podem servir de forma ainda mais simples. O whatsapp é um canal gratuito de contato com o público e você pode oferecer entregas dos produtos a partir dos pedidos feitos por ele. Adivinha quem complementou sua presença digital com entregas a domicílio? O Hortifruti Bianchi!

Faça como o Hortifruti Bianchi e amplie agora a sua atuação

Ferramentas gratuitas

Como trouxemos uma série de novidades para você, é normal que pareça muita coisa para fazer. O lado bom da quarentena é que temos um tempo raro para organizarmos as nossas empresas. Se a perspectiva da economia é nebulosa, precisamos pensar na melhor forma de retomarmos as atividades quando tudo isso passar e enfrentarmos os inúmeros obstáculos. Por isso, separamos algumas ferramentas gratuitas que podem ajudar você a conhecer melhor os novos canais, organizar os conteúdos e agendar suas publicações.

  • Facebook Blueprint | é uma plataforma de cursos do Facebook, parecido com aulas EAD, que tem o objetivo de treinar profissionais de marketing digital e marcas para aumentar suas performances na rede social. O bom é que serve para todos os níveis de conhecimento! Acesse aqui
  • Gerenciador de Negócios (Facebook Business) | é uma ferramenta do próprio Facebook que existe para ajudar empresas a gerenciarem suas Páginas, suas contas de anúncio e aplicativos de forma centralizada. Isso possibilita agilidade e foco. Acesse aqui
  • Canva | é uma plataforma de design gráfico que permite aos usuários criar gráficos de mídia social, apresentações e outras peças visuais. Está disponível online e em mobile e integra milhões de imagens, fontes e modelos pré-definidos. Acesse aqui
  • Etus | é uma ferramenta que disponibiliza a gestão da sua comunicação através das redes sociais com ações como o agendamento de publicações, relatórios completos e SAC para Instagram e Facebook. Acesse aqui
  • WhatsApp Business | é a versão do WhatsApp para ser utilizada por pequenas empresas. É gratuito e possibilita a interação direta com clientes a partir de várias ações específicas desta versão. Acesse aqui
  • Mailchimp | é uma plataforma para envio de e-mail que colabora com a sua automação de marketing. É possível organizar listas de acordo com perfil de consumo e você tem planos variados, inclusive gratuito. Acesse aqui

A pandemia da COVID-19, famoso coronavírus, infelizmente fez com que a gente repensasse o modelo de atuação no mercado. A Gama também está totalmente home office neste momento, tivemos que adaptar nossos processos e considerar crianças, cachorros, gatos e cozinha na rotina de trabalho. E cada desafio que surge traz consigo uma oportunidade de nos reposicionarmos e pensarmos de forma diferente o que era o comum até então. Este texto foi feito para você que precisa reinventar a comunicação do seu negócio. Esperamos que as dicas e ferramentas expostas sejam de grande valia e que você aplique tudo isso neste novo mercado.

Resumo
  • O Brasil é formado por micro e pequenas empresas, então você pode e vai melhorar!
  • Você sabe mais da sua marca do que qualquer outra pessoa, então faça valer a pena.
  • Siga a dica do Seu Walt e fale tudo com muito pouco!
  • Sendo ou não digital, pós COVID-19 você vai ser digital.
  • Explore ferramentas gratuitas para organizar e distribuir o seu conteúdo.

Gostou do nosso conteúdo? Se você acha que isso tudo faz sentido para o seu negócio e quer saber um pouco mais sobre como colocar em prática, estamos aqui! Feedbacks são ótimos e a gente adoraria colaborar ainda mais com você. Escreva para o Fernando Potrick, nosso head de conteúdo: potrick@gama.etc.br

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter

© Todos os direitos reservados. Desenvolvido com criatividade