WHATSAPP COMO CANAL DE VENDAS DO SEU NEGÓCIO

Veja como fazer para aplicar as melhores estratégias para usar o WhatsApp como canal de vendas para o seu negócio.

De cara já vou te falando que se você ainda não incorporou o WhatsApp ao seu processo de vendas, você está perdendo uma boa fatia de mercado. É uma oportunidade enorme, visto que foi o app mais utilizado no Brasil em 2019. Ou seja, não importa qual é o seu público-alvo, ele está no WhatsApp!

WhatsApp como canal de vendas

Porém, como em diversas outras estratégias de comunicação, relacionamento e vendas, esse canal deve ser tratado como qualquer outro. Assim como um atendimento presencial, o WhatsApp será um canal de vendas e, para isso, necessita de uma estratégia. Não pense que por utilizar o app diariamente para conversas – privadas ou profissionais – você deve simplesmente replicar o que já sabe para o seu negócio.

Neste post, vamos te mostrar os motivos para você optar pelo WhatsApp e mostrar algumas técnicas de venda pelo app. Além disso, você também saberá como aplicar alguns recursos desta ferramenta para melhor a conversão em vendas.

Por que o WhatsApp é um ótimo canal de vendas?

O aplicativo WhatsApp dispensa apresentações, pois é um dos aplicativos de conversa mais conhecidos em todo o mundo. Mesmo sendo proibido em alguns países, ainda é a principal escolha de grande parte dos usuários. Traçando um paralelo com locais físicos de venda, é um lugar onde o consumidor será facilmente encontrado, como um shopping ou um Centro Comercial.

Inicialmente tratado como um apoio aos estabelecimentos, utilizado como canal alternativo, telefone de contato ou atendimento rápido, hoje o WhatsApp já oferece recursos que podem transformar seu negócio e também baratear seu custo de divulgação de produtos. Já pensou em ter um e-commerce? Então, no WhatsApp isso é possível. E agora que o app, assim como o Instagram, é propriedade do Facebook, tenha certeza que tudo será muito mais fácil.

WhatsApp Business

Para explorar todas as funcionalidades que o WhatsApp oferece, a melhor opção é aderir à versão comercial do app. Isto porque o WhatsApp Business foi concebido pensando nas empresas e vem sendo qualificado desde sua criação. Ele é gratuito para download o dispõe de diversas ferramentas que otimizam sua relação comercial.

  • Possibilidade de catálogo de produtos/serviços ou cardápio para restaurantes;
  • Recursos que automatizam, classificam e agilizam suas respostas a mensagens;
  • Relacionamento: suporte e notificações importantes aos clientes;
  • Informações relevantes para seus clientes, como endereço, descrição, e-mail e website;
  • Mensagens salvas para respostas automáticas a perguntas frequentes;
  • Separe seus contatos ou conversas por etiquetas, identificando para melhor encontra-los;

Adaptando suas vendas

Cada vez mais funcional e recebendo novos recursos, o WhatsApp deve ser constantemente estudado para poder ser incorporado facilmente ao seu processo de vendas. Assim como uma venda direta numa loja física, o whats pode ser utilizado desde o primeiro contato até a conversão em venda.

Para isso, é necessário que você adapte se processo de vendas para este novo canal. Explore tudo que ele te oferece como local de aquisição e vendas. A Jornada de Compra qualificada depende de você.

Pós-venda

Como já falamos, o WhatsApp é um excelente canal de relacionamentos. Foi assim, inclusive, que ele surgiu. Então, utilize este viés em seu favor, porém adaptado para o pós-venda dentro do seu processo. Por isso, não falamos mais em atendentes quando nos referimos ao profissional responsável pelo contato no app, e sim em VENDEDORES!

Após fechar uma venda, entregue os próximos passos para outros setores dentro da empresa. Com isso, o vendedor se libera para novas negociações e não se ocupa em negócios fechados. E o cliente, claro, não fica sem atendimento.

Monetização no WhatsApp

Na última semana, foi noticiado que o WhatsApp vai permitir enviar e receber dinheiro pelo aplicativo. Empresas com conta WhatsApp Business poderão receber pagamentos por produtos e serviços, mediante pagamento de taxas. Para usuários, porém, as transações não gerarão custos extras. E o melhor é que o Brasil será o primeiro país a receber esta novidade.

Se antes desta novidade, já era fundamental utilizar o WhatsApp como canal de vendas, agora então isto já não será mais uma opção. Prepare-se, pois em pouco tempo deverá ser uma realidade que revolucionará os negócios. E você deve estar pronto!

Whatsapp integrado às redes sociais

3 Dicas para você acertar em cheio na estratégia comercial do WhatsApp

Se você já tem um procedimento bem definido de vendas, não será um grande desafio adaptar isto para o WhatsApp. E isto vale para qualquer empresa, inclusive àquelas em que você é o dono, o atendente, o vendedor e o único funcionário. Ainda assim, atente-se aos processos.

Para isso, preparamos algumas dicas importantes. Confira:

1- Qualifique a equipe de vendedores

A venda pelo WhatsApp, principalmente quando utilizado o WhatsApp Web, permite uma produtividade muito maior em relação a outros meios. Além disso, o contato se torna mais pessoal e amenizado, se comparado a um e-mail ou aquela indesejada ligação que você não está esperando.

Como falamos lá no início, o WhatsApp deve ser tratado como qualquer outro canal de venda, com estratégia. Portanto, sua equipe de vendedores precisa estar bem treinada e alinhada. Tome atenção com pontos importantes, como o tom da abordagem, os melhores horários de contato, as melhores práticas e a mesma agilidade de atendimento que seria entregue em qualquer outro canal de vendas.

E falando em produtividade, tenha em mente que UM vendedor conseguirá atender pelo menos quatro possíveis clientes, com qualidade. Pensando no que fazíamos até pouco tempo atrás, é inviável este atendimento por telefone, por exemplo.

2- Defina métricas e indicadores

O WhatsApp gera uma quantidade relevante de dados. Assim, estes dados podem – e devem – ser metrificados e adaptados para a melhor gestão da área comercial. Alguns registros importantes, como volume de atendimentos, agilidade de negociação, tempo de espera/resposta, entre outros.

Somente com estes dados sendo cruzados com o resultado, você poderá mensurar o sucesso da estratégia. Mais que isso, essa métrica quem define é você. Portanto, alinhe os indicadores da sua empresa com mais este canal de vendas.

3- Automatize suas ações

Uma grande vantagem das pequenas empresas em relação às grandes é o relacionamento com os clientes. Tenha em mente que você deve atender às necessidades do seu cliente, alinhando essa mentalidade às vendas pelo WhatsApp. Este é o preceito básico do CRM (Customer Relationship Management, ou em português Gestão do Relacionamento com o Cliente), que deve ser implantado no seu negócio.

Utilizando-se ou não da estratégia CRM, é assim que você deve encarar o WhatsApp da sua empresa. Conhecendo seu cliente, você poderá antecipar ações e elaborar uma oferta personalizada de produto ou serviço. Torne estas ações sistemáticas integrando o CRM da sua empresa ao app, pois certamente reverterá ótimos resultados.

Dicas extras e cuidados

Como já mencionamos, o Whatsapp é um app em constante evolução. Portanto, antes de tudo você deve o encarar como uma nova fonte de conhecimento. Com as adaptações necessárias, surgem alguns cuidados necessários para que esta estratégia não se torne um tiro no pé.

  • Não isole o WhatsApp como canal de vendas. Ele funciona melhor ainda se integrado a outros canais e, principalmente, às redes sociais;
  • Utilize um aparelho corporativo, com número de contato específico da sua empresa. Além de evitar descuidos dos vendedores, também deixará bem clara a separação entre vida pessoal e profissional;
  • Explore todas opções de conteúdos, como vídeos, imagens, compartilhamento de documentos. Mas não exagere, lembre-se que a abordagem é diferente de uma conversa entre amigos;
  • Use o Web WhatsApp para facilitar o gerenciamento das mensagens. Certamente facilitará o seu contato e deixará o celular livre para outras funções;


RESUMO

  • Não importa qual é o seu público-alvo, ele estará no WhatsApp;
  • Se você ainda não utiliza o WhatsApp como canal de venda, comece agora mesmo;
  • Explore todas as ferramentas do WhatsApp Business;
  • Adapte sua equipe de vendedores para o atendimento via WhatsApp;
  • Adapte o Whatsapp para o seu processo de vendas;
  • Considere o app no CRM da sua empresa;

Gostou do nosso conteúdo? Se você acha que isso tudo faz sentido para o seu negócio e quer saber um pouco mais sobre como colocar em prática, estamos aqui! Adoramos feedbacks e também gostaríamos de colaborar ainda mais com você. Escreva para o Fernando Potrick, nosso head de conteúdo: potrick@gama.etc.br

FACEBOOK AUDIENCE INSIGHTS: CONHEÇA SEU PÚBLICO

Facebook Audience Insights é uma ferramenta poderosa e exclusiva da plataforma, que permite ao usuário conhecer cada vez melhor um público-alvo. Além disso, o Facebook Audience Insights é um aliado imprescindível para quem já tem ou está criando um novo negócio.

Se tem um tema dentro do Marketing Digital que nós da Gama repetimos bastante, este tema é o planejamento. Partindo deste preceito, organizar muito bem a forma como você se comunica é um passo que vai ditar se você terá sucesso ou fracasso. Sendo assim, antes mesmo de comunicar sua marca ao mercado, você precisa planejar cada passo deste processo. Para entender como isto tudo funciona, confira nosso texto completo, que mostra cada etapa:

Mas como exatamente isso se relaciona com o Audience Insights? Se o seu negócio é digital ou pretende ser, esta ferramenta vai te auxiliar muito a completar a 2ª etapa do Planejamento de Marketing, descrita no texto acima. Isto porque após ter a plena convicção de que você conhece tudo sobre seu negócio – POSICIONAMENTO – é o momento de identificar e validar seu público-alvo.

Saber quem é o seu público-alvo é uma etapa indispensável do seu planejamento. Através de pesquisas, você encontrará informações relacionadas ao seu comportamento de compra, hábitos de consumo, classe social, dados demográficos, condição socioeconômica e preferências. Ao passo que estas informações podem ser encontradas com parceiros comerciais como associações comerciais, sites de organizações públicas e, claro, no Audience Insights. Então, vamos a ele!

O que é o Facebook Audience Insights

A ferramenta Audience Insights é uma exclusividade do Facebook e tem como objetivo principal entregar dados detalhados sobre qualquer tipo de audiência nas redes sociais. Nesse sentido, qualquer usuário tem acesso a informações demográficas, geográficas, de consumo e de estilo de vida de seu público, além das páginas que curtem.

Qualquer usuário pode acessar essas informações, garantindo que toda pesquisa de público possa ser validada. Pegando um exemplo prático: se você quiser saber qual é o percentual de solteiros, torcedores do Internacional, moradores de Caxias do Sul, entre 18 e 34 anos, o Audience Insights vai te mostrar. Sabe como?

Confere na imagem abaixo, só uma amostra antes de você virar um expert na ferramenta:

Facebook Audience Insights: comparação para pesquisa específica
Na imagem à esquerda, a segmentação que nos indicou um público entre 35 e 40 mil pessoas, 38% é solteiros. Quando destacamos somente os solteiros (imagem à direita), o número cai para 10 a 15 mil pessoas, o que altera também os percentuais das faixas etárias.

Além de buscas específicas ou amplas de públicos em geral, outra ótima opção é reservada para quem gerencia páginas no Facebook com mais de mil seguidores/curtidores ativos. Os administradores destas páginas podem selecionar a pesquisa somente para o próprio público, qualificando as informações e compreendendo de forma muito mais correta. E lembrando que a plataforma considera como ativo os perfis que executaram alguma ação nos últimos 30 dias.

Na prática, como funciona Audience Insights?

O modo como o Facebook coleta os dados é simples: quando um perfil é criado, a plataforma oferece inúmeros campos a serem preenchidos, com informações tais como preferências, gostos pessoais, informações pessoais. Mesmo que você não seja aquele usuário assíduo, que coloca todas informações, no mínimo você informou data de nascimento, cidade onde mora, escolaridade e estado civil.

Com tudo isso bem distribuído num banco de dados, basta orientar o Facebook Audience Insights para a busca que melhor se encaixa nas suas intenções. Assim, no momento que você explorar e segmentar, seu público vai estar lá.

Agora que você já tem as noções básicas do que o Audience Insights pode te entregar, vamos afunilar estas informações. Em cima disso, levar você para a parte prática de pesquisa, mostrando cada ítem da ferramenta e te ensinando a extrair as melhores informações dela para a aplicação no seu negócio. Bora lá!?

Entendendo cada seção do Audience Insights

Para começar, onde fica esse Audience Insights? Ao acessar o seu Gerenciador de Negócios ou Gerenciador de Anúncios, dentro do Facebook, o Audience Insights estará em uma lista de ferramentas da seção “Análise e relatórios”. Ou então, se você quer pular essa parte e partir direto pra ela, basta acessar www.facebook.com/ads/audience-insights.

Mas lembre-se, para ter acesso, você precisa ter uma conta de anúncios ativa. Se ainda não tem, confira AQUI como fazer.

1) Página inicial

Como falamos lá no início do post, ao abrir o Facebook Audience Insights você deverá optar por qual tipo de busca irá fazer. Entre as opções estão “todos no Facebook”, que envolve todos dados da plataforma, ou “Pessoas conectadas à sua página”, onde estão segmentados os dados da página a qual você administra.

Primeira página ao abrir o Facebook Audience Insights.
Primeira página ao abrir o Facebook Audience Insights.

Para prosseguir, basta escolher uma delas e partir para sua busca. Nesse sentido, é importante salientar que essa escolha irá guiar sua primeira ação no Audience Insights, mas se você mudar de ideia, basta utilizar o campo “Pessoas conectadas a” no menu à esquerda. Ali você seleciona para qual página a pesquisa estará segmentada, e também desmarca as páginas para voltar à pesquisa ampla.

2) Segmentações básicas

No menu principal, à esquerda, você poderá fazer as primeiras segmentações da sua pesquisa. Confira na tabela abaixo todas as opções e suas vantagens.

LOCALIZAÇÃOSempre deverá ser a primeira segmentação feita para sua busca, já que a ferramenta já se inicia direcionada para os Estados Unidos. Você poderá segmentar por países, estados, cidades e regiões. Também poderá combinar mais de uma destas opções, desde façam parte da mesma região. Exemplo: ao selecionar “Rio Grande do Sul”, também posso adicionar outros estados ou segmentar diversas cidades gaúchas. Porém, não posso selecionar ao mesmo tempo “Rio Grande do Sul” e “Curitiba”.
IDADE E GÊNEROA identificação de gêneros poderá pautar suas publicações. Entre as idades, como esta ferramenta é otimizada para futuros anúncios, a idade mínima é 18 anos. Além disso, o Facebook trabalha com faixas etárias: 18-24, 25-34, 35-44, 45-54, 55-64, +65.
INTERESSESO grande diferencial da ferramenta. Para quem já faz anúncios no Facebook, as opções são bem familiares. São centenas de milhares de interesses, que inicialmente são divididos entre: comidas e bebidas, compras e moda, entretenimento, esportes e atividades, família e relacionamentos, hobbies, negócios e indústria, saúde e boa forma, tecnologia.
CONEXÕES (PÁGINAS)Você pode segmentar a pesquisa somente para sua página, ou então excluir da busca os dados sobre os seguidores da sua página. Ou até mesmo optar por desmarcar ambas as opções.
AVANÇADOSegmentação mais restrita ainda, que leva em conta: idioma, relacionamentos, educação, trabalho, segmentos de mercado (restrito aos EUA), pais (com filhos entre 0 e 26 anos), política (restrito aos EUA), acontecimentos (novo emprego, novo relacionamento, aniversário próximo).
Segmentação da segmentação

Mesmo sendo estas as segmentações básicas, nota-se que nem são tão básicas assim. Por isso, vamos aprofundar um pouco mais as duas seções mais abrangentes deste menu:

  • Interesses: como se vê na tabela, são inúmeras opções de interesses, e cada vez mais segmentados. Para determinar os interesses de cada pessoa, as métricas utilizadas pelo Facebook também são muito variadas. Porém, isso abrange todas ações que executamos dentro da plataforma, os grupos que entramos, os assuntos que comentamos, os temas postados, checkins realizados, entre outras ações. Exemplo: mantendo todas segmentações abertas, ao adicionar o interesse em “macarrão instantâneo”, a busca fica restrita a 15/20 milhões de pessoas em todo o mundo. E agora acabamos de descobrir que 63% destas pessoas são do sexo feminino!
Busca por macarrão instantâneo no Audience Insights
  • Avançado: esta segmentação minuciosa seria a cereja do bolo para todas as pesquisas de público. Porém, infelizmente no Brasil ela acaba não sendo muito precisa, pelo fato dos usuários darem muitas informações erradas, ou mesmo nem preencherem estes dados. Nem todo mundo informa acontecimentos pessoais com frequência. Além disso, inúmeras vezes já nos deparamos com um perfil onde o usuário informa que “Trabalhou na empresa: Advogado”. Ou seja, no lugar da instituição, foi informado uma profissão. Ou então quando é informado corretamente o nome da empresa onde trabalha, não encontra o melhor termo para indicar seu cargo. Imagine que perfeito seria para um negócio local, que vende roupas para bebês de 0 a 2 anos, anunciar somente para os pais de bebês nessa faixa etária. Porém, a busca acabaria encontrando somente 1 mil – 1,5 mil pessoas, número bem inferior ao que efetivamente existe na cidade e também baixíssimo para se fazer um anúncio.
pesquisa segmentada

3) Dados demográficos

Ao pré-definir as segmentações básicas, partimos para os números e como eles são distribuídos na busca. Começando com os dados demográficos, que já estão selecionados ao abrir a ferramenta. Ali são mostrados os principais dados relacionados à segmentação básica, feita na etapa anterior.

São estas as informações:

  • Tamanho do público pesquisado
  • Idade e gênero
  • Relacionamento
  • Nível educacional
  • Cargo

Confira as informações, agora segmentando um pouco mais aquela busca direcionada para quem tem interesse em “macarrão instantâneo”. Nesta imagem, você vê os dados da pesquisa direcionada para o Brasil.

Dados demográficos no Audience Insights
Aumento no percentual de mulheres, em uma faixa etária bem expressiva. Além disso, percentual alto de pessoas com cargos em “Serviços jurídicos”.

Informação: ao passar o mouse sobre cada item, uma caixa de texto mostrará a comparação entre a sua segmentação e os dados gerais (sem segmentação) do país que você selecionou. Além disso, você poderá clicar em cada item pra escolhê-lo e segmentar mais ainda a pesquisa.

4) Curtidas na página

Sempre que quiser conhecer o seu público, esta seção será o divisor de águas. Pois mesmo que você saiba qual é o público-alvo do seu negócio, é aqui que você irá conhecer seus hábitos, interesses, páginas que curte, temas que a ele são interessantes. A seção está dividida em duas partes:

  • Principais categorias: por ordem de maior interesse, ali estão as categorias das páginas mais curtidas. Neste caso, pode-se identificar níveis de interesse paralelos a sua busca que darão um norte. No caso do nosso exemplo, a primeira ocorrência seria óbvia. Porém, logo abaixo temos uma valiosa informação: a segunda categoria mais curtida é “Blog Pessoal”, que tem como maior ocorrência a página “TPM, pra que te quero”.
  • Curtidas na página: lista de páginas mais curtidas, que podem ser ordenadas segundo três critérios: relevância (métrica do Facebook que avalia o grau de afinidade do seu público em relação à página), público (número absoluto de curtidas) e Facebook (número de pessoas ativas mensalmente para a página. Sempre opte pelo critério de relevância, pois ele mostrará efetivamente o que deve ser levado em consideração para o seu negócio.

Somente com essas duas seções, já confirmamos que a grande maioria deste público é feminino e efetivamente consome temas femininos, como a TPM. Além disso, outra página que apareceu nas ocorrências foi relacionada a receitas. Já pintou uma ideia pra propaganda da Nissin, com receitas de macarrão instantâneo para se fazer durante a TPM??

5) Localizações

Está página se divide entre três listas: cidades, países e idiomas. Naturalmente, uma pesquisa segmentada para o Brasil, como esta que estamos usando de exemplo, não aponta nenhuma informação relevante em relação a países e idiomas, então vamos focar nas cidades.

Lado a lado, as duas opções de listagem das cidades, no Audience Insights.
Lado a lado, as duas opções de listagem das cidades, no Audience Insights.

Note que, na imagem, mostramos dois critérios diferentes para listar as cidades com mais ocorrência. À esquerda, números absolutos, com maior destaque naturalmente para São Paulo e Rio de Janeiro. Porém, ali já percebemos em 3º lugar uma cidade bem menor, localizada em Minas Gerais: Araguari. Pois quando listamos pelo critério “Comparar”, Araguari dispara na liderança. Isto porque o Facebook considera a relação entre o número de habitantes da cidade e a probabilidade desta população estar incluída nesta segmentação (neste caso, 1900%).

6) Atividade

Por último, mas não menos importante, chegamos até a atividade digital. Se você lembrar, falamos lá no início do post sobre o que o Facebook considera como usuários ativos. Então, a base para a pesquisa está nos últimos 30 dias de atividade. E aqui, esta atividade está subdividida em duas seções.

Destaque para a probabilidade alta desta público clicar em anúncios.
Destaque para a probabilidade alta desta público clicar em anúncios.
  • Frequência de atividades: separa a média de ações dos usuários para páginas curtidas, comentários, publicações curtidas, publicações compartilhadas, promoções resgatadas e anúncios clicados. Perceba que em todos os itens, os números deste público (barra AZUL) superam os números gerais dos usuários do Facebook no Brasil (barra CINZA). Mais que isso, há a informação de que esse público, em média, tem a tendência de clicar em anúncios DUAS vezes maior em relação a usuários comuns.
  • Usuários de dispositivos: separa a atividade dos usuários de acordo com o tipo de dispositivo (apenas desktop, apenas celular ou ambos) e com o sistema operacional (os principais são computador, iphone, ipad, Android e internet móvel)

Análise, métricas e criação de público

Após passar por todas as seções e páginas do Audience Insights, você já viu que há muito a ser explorado dentro das informações que o Facebook nos oferece. Sendo assim, este é o caminho natural para quem quer entender seu consumidor e criar novos públicos para suas campanhas de tráfego pago, objetivo máximo da plataforma com essa ferramenta.

Crie seus próprios público diretamente da ferramenta Audience Insights
Crie seus próprios público diretamente da ferramenta Audience Insights.

A partir de toda pesquisa feita, o usuário já pode criar um público novo, salvar sobre outro antigo e abrir um público salvo para ser editado. Além disso, se quiser já pode até criar um novo anúncio, já partindo direto da definição deste público. Não recomendamos partir diretamente pro anúncio, porque o Facebook demora um tempo até preencher um público. Mas que pode fazer, pode 🙂


Resumo
  • A definição de público-alvo é uma das principais etapas de um Planejamento de Marketing;
  • O Facebook Audience Insights é uma poderosa ferramenta para encontrar e definir este público-alvo;
  • Explore a ferramenta para extrair tudo que ela pode te oferecer;
  • Crie públicos específicos para cada tipo de produto ou serviço do seu negócio, qualificando suas campanhas de tráfego pago;

Se você acha que isso tudo faz sentido para o seu negócio e quer saber um pouco mais sobre como colocar em prática, estamos por aqui, viu! É bem fácil: chama a Gama e bóra tomar um café!

SPRINT MARKETING: 5 DIAS PARA REVOLUCIONAR SUA MARCA

Saiba como explorar a velocidade do mercado atual a favor do seu negócio, desenvolvendo ações de marketing focadas em sprint marketing: 5 dias para revolucionar sua marca e aumentar suas vendas.

Workshop da agência Gama
Gama em ação!

Sprint Marketing: Inspiração em método utilizado no Google

O Sprint Marketing foi concebido com uma inspiração bem definida: o Design Sprint. Este método foi criado na Google Ventures e é um processo focado em responder a perguntas críticas de negócios por meio de design, criação de protótipos e teste de ideias com os clientes reais. Tudo isso ocorre em 5 dias, e o grande objetivo é validar soluções digitais e tecnológicas com potenciais consumidores.

Inicialmente pensado para empresas de base tecnológica, atualmente o método conta com variações importantes que se mostram muito válidas com empresas tradicionais, ONGs e grupos de pessoas. A simplicidade da sua solução é a grande vantagem de sua utilização, pois o grande objetivo é analisar os resultados práticos de ideias bem concebidas, impondo que a realidade é muito mais clara do que a teoria. Para que o processo funcione de fato, a presença do tomador de decisão é crucial, visto que ações táticas são implementadas dentro do seu período de execução. E justamente isso que fez com que ele sofresse algumas adaptações para que pudesse ter o mesmo impacto obtido com startups em grandes organizações.

Diagrama do Sprint
Diagrama do Sprint: O método fornece às equipes um atalho para o aprendizado sem as etapas de criação e lançamento.
Fonte: Google Ventures

A semana de Design Sprint

Para que o Design Sprint tenha sucesso em sua aplicação, cada dia da semana tem um papel muito importante. Mas antes disso, a definição de um moderador e da equipe multidisciplinar que vai desenvolver as ações é essencial. O moderador tem o papel de “guia” do método, orientando as ações e fornecendo os materiais de apoio. Convidados serão distribuídos nos dias de acordo com suas competências, geralmente compostos por profissionais das áreas de Marketing, Desenvolvimento de Produto (TI) e Analistas de Mercado. E da empresa estarão todas as pessoas com poder de decisão da área em questão.

Dividindo a semana

  • Segunda-feira: o começo pelo fim, definindo uma meta de longo prazo. Isso embasará o desenvolvimento de um mapa geral do desafio, ouvindo muito os especialistas da empresa e definindo um grande problema que possa ser solucionado em uma semana.
  • Terça-feira: após focar o dia inicial no problema, agora é hora de voltar suas atenções para a solução. O design está muito presente aqui, com o desenvolvimento de telas visuais e volume de soluções. O teste de sexta-feira começa a ser definido aqui também.
  • Quarta-feira: Agora é hora de refinar a entrega. Após trabalhar com volume, o foco passa a ser a discussão sobre o que é mais relevante e tem mais chance de sucesso. Após definir as soluções vencedoras, é criado um storyboard com o passo a passo para a ação.
  • Quinta-feira: Com o storyboard vencedor pronto, você vai desenvolver a solução pensando exclusivamente na experiência do usuário. Em um dia a sua solução estará na mão do potencial consumidor, então aqui o protótipo é criado e o roteiro de entrevista e últimos detalhes de testes são organizados.
  • Sexta-feira: O Sprint nasceu com um grande desafio e uma excelente equipe, nada muito além disso. Na sexta-feira o protótipo já está funcional e isto, por si só, já teria feito a semana valer a pena. Mas agora você irá entrevistar o consumidor e avaliar a sua experiência após o uso da sua solução. É a cereja do bolo para qualquer gestor!

Arriscamos dizer que nenhuma metodologia de gestão de negócios se aplica tão bem em qualquer cenário quanto esta. O Sprint serve para um potencial influenciador digital e também para um órgão de governo. Só isso já demonstra o quão democrática e impactante é esta metodologia!

Os ensinamentos de Jake Knapp

Livro "Sprint"
Todas estas informações estão disponíveis no livro SPRINT, um guia fundamental para qualquer gestor.

VOCÊ QUER GANHAR O LIVRO SPRINT E APLICAR O MÉTODO DO GOOGLE PARA REVOLUCIONAR A SUA EMPRESA? SIGA A GAMA NO INSTAGRAM E PARTICIPE DA PROMOÇÃO!

Sprint Marketing: 5 dias de muito resultado

O consumidor busca a resposta perfeita para a pergunta mais complexa no menor tempo possível, o que exige agilidade e assertividade em qualquer ponto de contato. Se sabemos que 70% da população brasileira tem acesso à internet e 88% dos brasileiros são usuários ativos das redes sociais, não podemos demorar para tomar decisões e aplicar soluções, não é mesmo?!

Com este cenário, nos vimos obrigados a criar soluções ágeis para o nosso negócio, principalmente no que diz respeito a compreensão dos parceiros em relação ao impacto verdadeiro do marketing em uma empresa. Quando falamos em Marketing de Verdade estamos fortalecendo uma definição simples e direta: O marketing é uma área de gestão que conecta problema e solução através de comunicação estratégica. Se você quer saber mais sobre este tema, aqui você encontra um material completo.

Inspirados no Design Sprint, após algumas participações em desenvolvimentos deste método e de sua aplicação na Gama, desenvolvemos mais uma variação deste modelo para o nosso mercado. O Sprint Marketing é a fórmula que encontramos para validarmos estratégias de comunicação como fonte de novos negócios para as marcas que atendemos. Inspirados pela simplicidade e agilidade do Sprint, criamos um cenário claro em relação ao problema central e desenvolvemos uma solução focada em conversão: 5 dias para revolucionar sua marca e aumentar suas vendas!

Você sabe o que é marketing de verdade?
Se você ainda não sabe, descubra agora -> Mkt de Verdade!

Dia 1:  Estudo de marca

O SPRINT MARKETING só funciona se o primeiro dia for perfeito. E isto está diretamente relacionado com o Planejamento de Marketing, onde estudamos a nova marca de maneira intensa no início de qualquer estratégia. É aqui que teremos definições gerais como o nome da marca, sua história, equipe, curiosidades, links de site e redes, acessos de e-mail e tantos outros, mas também é onde vamos aplicar técnicas muito importantes que irão embasar todo o caminho do projeto.

A Jornada de Compra do consumidor é desenhada com o cliente, respeitando todos os passos para a compreensão geral deste roteiro. Além disso, há um mapeamento de concorrentes, atuação no Google e aplicação de briefings específicos para as entregas tecnológicas que objetivam conversão. Com o grande objetivo definido, seguimos.

Dia 2: Fortalecimento de Presença digital

Chegamos no segundo dia do SPRINT MARKETING. O foco nesta etapa é bem prático e exige integração total entre agência e empresa, relacionando as redes sociais e uma revisão completa de canais digitais. O que ainda não existe é criado e o que já existe é melhorado. Ainda, aspectos de conteúdos visuais e textuais são trabalhados, além de uma estratégia específica de SEO, definição de hashtags e CTAs. Se o SPRINT MARKETING se propõe a gerar negócios através dos canais digitais em um curtíssimo prazo, a vitrine online da marca deve estar impecável.

Confere nosso post sobre como deixar a sua vitrine impecável:

Post da gama sobre Vitrine Online

Dia 3: Desenvolvimento de solução

O terceiro dia é mão na massa total! Com a equipe alinhada ao cliente a partir de um intenso primeiro encontro e com as redes sociais bem alinhadas, a solução definida como canal de conversão é desenvolvida pela equipe técnica. Landing Pages geralmente ocupam este espaço devido a sua capacidade de entregar o principal valor de uma solução ao mercado ao mesmo tempo que permite uma conversão rápida.

Se você tem dúvidas sobre qual é a diferença entre uma Landing Pages e um site tradicional, esclareça agora mesmo conferindo nosso post:

Post: Landing Page da Valencia Energia

Neste mesmo dia o cliente tem acesso ao roteiro completo da solução e ao seu design, participando de forma ativa da construção da versão final que será levada ao mercado nos próximos dias.

Uma LP deve apresentar sua proposta de valor de forma clara, detalhando a solução e convidando o usuário a converter com um clique! Como você viu ali em cima, usamos no post do Instagram um exemplo real, do cliente Valencia Energia. Confira:

Tela inicial da Landing Page - Valencia Energia

Dia 4: Publicidade online

Agora sim, chegou a hora mais esperada: colocar os pés na rua! O dia 4 marca o início de uma revolução na comunicação da marca que passa pelo SPRINT MARKETING. Como o tomador de decisão participa de todas as etapas para a criação e desenvolvimento de estratégia, ele fica muito envolvido e empolgado na hora de comunicar isto ao mercado. E o papel da nossa equipe técnica aqui é aprovar o roteiro de campanhas, as artes que serão utilizadas e ativá-las nos canais definidos. Geralmente exploramos as redes sociais e o Google por serem complementares.

Faça as suas próprias campanhas no Google com a nossa ajuda:

Nesta etapa também oferecemos um estudo intensivo de Gatilhos Mentais, técnica estruturada em 6 principais temas que permitem uma conexão direta com o cérebro do seu consumidor. Isto permite que os gestores tenham condições de explorar as melhores técnicas para alavancar suas futuras campanhas.

Para te ajudar, temos um conteúdo completo no nosso IGTV sobre Gatilhos Mentais. Clique AQUI e confira!

Dia 5: Review Sprint Marketing

Aqui chegamos no final, certo?! Nada disso! É a partir do encerramento do SPRINT MARKETING que a sua marca vai passar a atuar de uma maneira completamente diferente no mercado, com muito mais organização e focada em resolver os problemas reais dos consumidores de maneira direta. Neste dia apresentamos uma programação completa de calendarização de redes sociais, o Plano de Ação para a marca e avaliamos com o cliente cada ponto trabalhado ao longo da semana.

O relatório final do SPRINT MARKETING é entregue com o encerramento das campanhas (que geralmente duram mais alguns dias), e nele o cliente terá clareza em relação aos objetivos atingidos a partir do desenvolvimento conjunto. Com a compreensão do mercado, você terá segurança para tomar novas decisões e explorar os canais digitais da melhor maneira possível para a sua marca. E lembre-se sempre desta frase:

Ninguém conhece melhor o seu negócio do que você mesmo!

Principais ganhos do Sprint Marketing

Esta metodologia apresenta uma série de benefícios quando bem aplicada. A sua agilidade e adaptabilidade permitem que qualquer organização ou profissional a explore, precisando atentar para envolver o(s) tomador(es) de decisão para que tenha uma aplicação real. A compreensão do marketing e suas variáveis que impactam diretamente na comunicação ficarão claras, e assim você poderá explorar um universo que talvez nem imaginava, mesmo sabendo que ele existia. Pode soar exagerado, mas de fato são 5 dias para revolucionar sua marca e aumentar suas vendas. Destacamos estes resultados:

  • Posicionamento de marca
  • Agilidade de implementação e ativação de MKT de Verdade
  • Organização completa da área de marketing
  • Roteiro de comunicação centralizada no consumidor
  • Clareza na Proposta de Valor
  • Atuação digital alinhada aos objetivos de negócio


Resumo
  • O Design Sprint nasceu no Google e serve para qualquer marca
  • Métodos ágeis permitem que você vá da ideia ao mercado em poucos dias
  • Sua comunicação direcionada ao consumidor precisa de embasamento (interno e externo)
  • O SPRINT MARKETING vai fazer você explorar o Marketing de Verdade
  • 5 dias para revolucionar sua marca e aumentar suas vendas

Gostou do nosso conteúdo? Se você acha que isso tudo faz sentido para o seu negócio e quer saber um pouco mais sobre como colocar em prática, estamos aqui! Feedbacks são ótimos e a gente adoraria colaborar ainda mais com você. Escreva para o Fernando Potrick, nosso head de conteúdo: potrick@gama.etc.br