LINKEDIN ADS: MOTIVOS PARA SUA EMPRESA INVESTIR AGORA

Você sabia que através de LinkedIn Ads a sua empresa pode alcançar ótimos resultados? O LinkedIn é uma rede social focada principalmente nas conexões profissionais e, por isso, muitas vezes pode não ser vista como fonte de prospecção de clientes através de anúncios para pequenos empreendedores.

Mesmo que muitas marcas não tenham como foco o LinkedIn em suas estratégias de marketing B2B, a plataforma serve para fortalecer sua marca, além de aproximar parceiros de segmento.

Segundo uma pesquisa feita pelo próprio LinkedIn, 92% dos profissionais preferem LinkedIn em relação a outras redes sociais e 94% dos profissionais B2B usam o LinkedIn para distribuir conteúdo.

Ou seja: se o seu segmento é focado em B2B, o LinkedIn é o lugar ideal para sua empresa investir em anúncios!

3 motivos para investir no LinkedIn Ads

O LinkedIn Ads é primordial para empresas que atuam B2B segmentarem o público por profissões, cargos e empresas, visto que seu intuito é justamente conectar profissionais.

Veja os 3 principais motivos para criar anúncios B2B através do LinkedIn Ads:

O público é influente e tem intenção de comprar

O Linkedin possui cerca de 46 milhões de profissionais no Brasil. Isso significa que lá você encontra representantes de qualquer segmento o qual pretende prospectar. Uma grande quantia desses profissionais são CEOs, líderes, diretores e gerentes de empresas, que tomam decisões de negócio.

Sendo assim, com anúncios bem segmentados e estruturados no LinkedIn Ads, você pode atingir profissionais que fazem as escolhas de fornecedores, bem como realizar vendas diretamente a eles, visto que os usuários do LinkedIn possuem até duas vezes mais poder de compra na internet.

O LinkedIn Ads possui uma segmentação aprofundada

Uma das maiores vantagens do LinkedIn Ads é a segmentação aprofundada dos anúncios. A ferramenta filtra o público de acordo com cargos, empresas, formação acadêmica e outros fatores profissionais. Além dos filtros citados, também há opções como faixa etária, sexo, região e até mesmo interesses específicos.

Outras funcionalidades são o rastreamento de visitantes no site da empresa e a possibilidade de carregar listas de transmissão para a plataforma.

Todas essas ferramentas são perfeitas para que você segmente exatamente o tipo de público que pretende atingir e, com isso, aumente cada vez mais a possibilidade de fechar uma venda.

O LinkedIn tem como foco impulsionar negócios B2B

O LinkedIn é a rede principal para impulsionar negócios B2B. Ainda de acordo com a pesquisa citada anteriormente, 80% de todos os leads B2B em redes sociais vêm do LinkedIn.

Outro fator importante é que 89% dos profissionais de B2B escolhem o LinkedIn para geração de Leads e 62% deles têm duas vezes mais resultados do que com qualquer outra rede social.

Desse modo, é extremamente aconselhável que o foco de negócios B2B seja anunciar através do LinkedIn Ads.

Dicas para utilizar o LinkedIn Ads na sua estratégia de marketing

Você já entendeu todas as vantagens do LinkedIn Ads para seu negócio e agora conhece os motivos do porquê deve começar a investir imediatamente na ferramenta. Portanto, confira algumas dicas de como obter resultados mais relevantes através da plataforma.

Linkedin Ads para alavancar negócios B2B
Markting B2B + anúncios, tudo na palma da sua mão.

Use o Sponsored InMail do LinkedIn Ads para conhecer melhor o seu público

O Sponsored Inmail é um formato de anúncio do LinkedIn Ads que permite enviar mensagens direto na caixa de entrada com o cliente em potencial. Com essa funcionalidade você pode enviar mensagens com assuntos relevantes que sejam do interesse do seu público e saber o que ele pensa a respeito.

Peça feedbacks sobre seus produtos e serviços, tire dúvidas e mostre ser prestativo durante a jornada de compra.

Porém, o mais importante é utilizar essa ferramenta como forma de ouvir o que o cliente tem a dizer. A conversa privada é o lugar ideal para conhecer dores, desejos e dúvidas do potencial cliente. Com isso você pode identificar em que etapa do funil ele está e saber o tipo de conteúdo certo para abordar.

Teste a aprovação do seu produto ou serviço com LinkedIn Ads

O jeito mais eficaz de saber se o seu produto ou serviço tem eficiência, é identificar se o público-alvo dele aprovou, ou seja, realizar testes A/B é uma boa forma de saber a resposta.

O LinkedIn Ads permite rodar dois anúncios diferentes para o mesmo público a fim de saber qual dos dois obteve uma melhor performance. Isso é o teste A/B: ao saber qual dos anúncios performou melhor, você pode otimizar os gastos para aquele que terá mais resultados.

Então, além de testar anúncios, uma estratégia eficiente é testar dois produtos direcionados para o mesmo público. Assim, sua empresa saberá qual dos dois teve mais aderência e poderá focar naquele que teve sucesso.

Invista em retargeting para ampliar as suas chances de conversão

Se você trabalha com negócios B2B deve saber que a jornada de compra é um pouco mais demorada e complexa que negócios B2C e por isso os clientes B2B precisam consumir mais conteúdos que o normal sobre determinado produto antes de realizar a compra.

Sendo assim, conquistar novos clientes nesse segmento é um processo demorado. Então por que não focar nos clientes que já possui?

Invista seus anúncios do LinkedIn Ads em pessoas que já interagiram com seus conteúdos, entraram em seu site e até os que não realizaram uma compra de fato mas demonstraram interesse.

Essa estratégia é o retargeting, um tipo de rastreamento de leads obtidos através de cadastros na newsletter, interações em redes sociais, anúncios e pessoas que compraram em seu site.

Aproveite as possibilidades do LinkedIn Ads para expansão de público

Sim, você acabou de ver que investir em clientes antigos é mais rentável para as estratégias do LinkedIn Ads, porém é muito importante expandir sua carteira de clientes e alcançar novos consumidores. Afinal, clientes não duram para sempre.

O LinkedIn Ads oferece duas opções para você que deseja expandir o público de seu negócio:

A primeira delas é o recurso de ampliação de público. Ela permite mostrar os seus anúncios para pessoas com o mesmo perfil de seu público-alvo. Essa estratégia serve para que pessoas semelhantes ao tipo de público que procura conheçam seu negócio.

A outra possibilidade é que você anuncie além do próprio LinkedIn. A plataforma possui um portfólio chamado LinkedIn Audience Network, onde você divulga seus anúncios para mais de 2000 outras páginas.

Linkedin é o caminho para negócios B2B que desejam anunciar nas redes sociais

Agora que você já sabe todos os motivos para investir e dicas de como começar, utilize o LinkedIn Ads e tenha cada vez mais sucesso com vendas B2B!

Gostou do nosso conteúdo? Se você acha que isso tudo faz sentido para o seu negócio e quer saber um pouco mais sobre como colocar em prática, estamos aqui! Feedbacks são ótimos e a gente adoraria colaborar ainda mais com você. Escreva para o Fernando Potrick, nosso head de conteúdo: potrick@gama.etc.br.

6 TIPOS DE TEXTOS PARA POSTAGENS

No marketing de conteúdo existem diversos tipos de textos para postagens de acordo com a estratégia de sua empresa. Apostar nessa variedade de estruturas de texto é essencial para que sua marca alcance o público desejado. Mais que isso, ajuda a validar as opções que geram resultados mais expressivos.

Será que você está explorando todos os tipos de textos para postagens corretamente? Acompanhe a explicação de cada um deles e saiba em qual contexto utilizá-los:

Tipos de textos para postagens n°1: Injuntivo

O texto injuntivo é basicamente um guia com instruções para ensinar o leitor a realizar algo. Pode ser tanto um tutorial, quanto uma receita culinária. Basta que as informações instruam o leitor.

Esse tipo de texto possui 2 tipos: instrucional e prescritivo. O instrucional tem como propósito apenas ensinar a executar a ação de maneira objetiva (receitas culinárias), enquanto o prescritivo caracteriza-se por informações inquestionáveis, que devem ser seguidas à risca (códigos de lei).

Para criar conteúdos seguindo o estilo injuntivo, um bom jeito é criar listas de passo a passo em formato de artigos para blog, carrosséis no Instagram e roteiros de vídeos no Youtube, por exemplo. Lembrando que o ideal é sempre passar as informações de forma clara e objetiva, sem muitos detalhes desnecessários ou floreios no seu texto.

2. Descritivo

Como diz o nome, o texto descritivo serve para descrever características. Ou seja, para quem tem uma empresa, esse é o tipo de texto ideal para apresentar as características de um produto ou serviço.

Nos textos descritivos você pode fazer comparações com outros produtos, mostrar vantagens, funcionalidades e diferenciais de maneira que o leitor possa compreender totalmente o motivo pelo qual precisa optar por sua empresa.

É possível dividir um artigo descritivo em objetivo e subjetivo. O texto descritivo objetivo é escrito de maneira mais prática e direta, enquanto o subjetivo é mais sentimental e com viés literário – a fim de atingir as emoções do leitor.

3. Científico

Pode parecer incomum num primeiro momento, mas o texto científico também se encaixa nos tipos de textos para postagens.

O texto científico traz consigo informações muito valiosas como estatísticas, dados de pesquisa e relatórios que você pode usar para comprovar a eficiência de seu produto ou serviço, como também mostrar a necessidade do público pelo que sua empresa oferece.

Certamente a maioria dos públicos não se interessaria por um artigo inteiramente científico, mas a solução é incluir alguns dos dados em outros tipos de texto, Dessa forma, o texto passa a ter credibilidade e ajuda na autoridade da empresa.

4. Publicitário

O famoso tipo de texto publicitário é voltado completamente à venda de um produto. Contudo, isso não significa que você deve oferecer o produto de forma direta, mas sim persuadir e convencer o possível cliente do porquê precisa do produto.

Para isso, é muito comum utilizar gatilhos mentais e outras técnicas de copywriting a fim de chamar a atenção do público. Mesmo que a pessoa não compre no momento, o objetivo da peça publicitária é fazer com que a marca faça parte do inconsciente dela e ela lembre depois.

5. Dissertativo

Um dos tipos de textos para postagens mais comuns é o dissertativo, que serve, em resumo, para expressar uma opinião sobre um assunto.

Portanto, a persuasão é o ponto principal desse tipo de texto e desenvolver recursos argumentativos para convencer o leitor é essencial. Alguns exemplos de textos dissertativos são as resenhas e os editoriais de jornal.

As duas variações de um texto dissertativo são:

  • Expositivo: tem como objetivo apenas apresentar uma ideia ou conceito mas sem necessariamente expressar a opinião de quem escreveu o texto.
  • Argumentativo: já o objetivo do texto argumentativo é mostrar a opinião do escritor por meio de um formato com introdução, desenvolvimento e conclusão.

Uma forma de usar o texto dissertativo em sua estratégia de marketing de conteúdo é postando resenhas sobre seus produtos/serviços.

Tipos de textos para postagens n°6: Narrativo

O último dos tipos de textos para postagens é o narrativo, que consiste em um conteúdo que conta uma história com personagens, locais, datas, pontos de virada, e outros elementos.

No marketing, é o famoso storytelling, que serve para conectar o consumidor à marca através de uma história com a qual ele se identifica.

Você pode aproveitar o texto narrativo para criar histórias com a persona de sua marca, expor suas dores e como sua empresa pode ajudar. Tudo isso de forma indireta e simbólica, ao contrário do texto expositivo, por exemplo.

Tipos de texto
Dica: coloque seu texto primeiro “no papel”. Depois, parta para as plataformas de publicação, seja blog, site ou redes sociais.

Pode ser que nem todos os tipos de textos para postagens acima se encaixam com o seu tipo de negócio. Em alguns segmentos, os textos expositivos e científicos com linguagens técnicas são mais eficientes para atrair determinado público; já em outros, o uso de storytelling é essencial para criar uma relação entre consumidor e marca.

Por isso, é importante sempre realizar uma pesquisa aprofundada sobre o público de sua empresa e também saber qual o contexto mais apropriado para cada estilo de texto. Desse modo será muito mais simples atrair o cliente e fidelizá-lo ao seu negócio.


Gostou do nosso conteúdo? Se você acha que isso tudo faz sentido para o seu negócio e quer saber um pouco mais sobre como colocar em prática, estamos aqui! Feedbacks são ótimos e a gente adoraria colaborar ainda mais com você. Escreva para o Fernando Potrick, nosso head de conteúdo: potrick@gama.etc.br.

AS DIFERENÇAS ENTRE SITES MULTIPAGE, ONEPAGE OU LANDING PAGE

Alguns termos, à primeira vista, podem parecer muito técnicos e complexos. Por isso, você que é um empreendedor, pode não ter ideia do que são e quais são as diferenças entre sites multipage, onepage ou landing page.

Contudo, se você deseja investir em um negócio digital, é de extrema importância saber o básico sobre o funcionamento e a construção de sites, visto que existem modelos diferentes que se encaixam em perfis diferentes de público-alvo.

É difícil de se encontrar um site nos mecanismos de busca sem o auxílio das estratégias de marketing digital, por isso é fundamental conhecer os recursos disponíveis para que sua empresa obtenha destaque online.

Dessa forma, conheça agora as diferenças entre sites multipage, onepage ou landing page e veja que o tema é bem mais simples que aparenta.

Multipage, onepage ou landing page: o que são?

Site multipage

Os multipages são os sites mais comuns da internet. É através deles que as pessoas encontram empresas, se informam, bem como consomem conteúdos. Basicamente, os sites multipages são aqueles que possuem várias páginas hospedadas em um único domínio.

site multipage: exemplo Metalúrgica Nunes
Desenvolvido pela Gama, o site da Metalúrgica Nunes está estruturado em diversas páginas, oferecendo navegabilidade por diferentes setores da empresa.

Eles servem para lojas virtuais, páginas institucionais, informativas, entre outros propósitos. Invariavelmente possuem um menu completo que indica o caminho para todas as páginas. À medida que o usuário navega por diferentes seções, o site abre uma nova página.

Site onepage

O site onepage é similar ao multipage, a única diferença é que todas as informações são compactadas em uma única página. Esse modelo de site é como uma espécie de feed, onde as informações da página aparecem conforme o usuário rolar para baixo.

O estilo onepage serve para empresas que não desejam postar um conteúdo muito extenso no site, visto que tudo precisa estar disponível em apenas uma página.

O design é algo primordial nesse tipo de página para prender a atenção do visitante a fim de que queira chegar até o final.

Site onepage: exemplo da Movimentum Treinamento Funcional
Desenvolvido pela Gama, o site da Movimentum, um CT de Treinamento Funcional, é um belo exemplo de criação onepage.

O site da Movimentum Funcional é um exemplo de onepage. Todas informações estão dispostas em uma página, com um menu suspenso que guia o usuário pelas seções.

Landing page

A landing page é uma página única que o usuário abre através de um link. Ou seja, ela pode ser uma página de um site multipage.

Entretanto, a diferença para os demais é que a landing page tem como foco principal a conversão de leads.

Essa página é basicamente uma página de vendas, onde você divulga algo que sua empresa está oferecendo no momento. Por exemplo: se sua empresa desenvolveu um ebook, a landing page serve exclusivamente para explicar sobre o que é o ebook e quais as vantagens de adquiri-lo.

multipage, onepage ou landing page? Exemplo Britto & Lemmertz.
Criada pela Gama, esta é a Landing Page do escritório Britto & Lemmertz, oferecendo acesso à Nota Técnica que tratara da Lei Complementar 173.

Uma landing page sempre deve ter um formulário para que a pessoa interessada preencha seus dados e consiga adquirir a oferta, a fim de que sua empresa consiga um lead.

Sendo assim, a landing page serve para aproximar os visitantes de uma empresa através de uma promoção, um produto ou serviço.

Multipage, Onepage ou Landing page? Qual escolher para minha empresa?

Na maioria das vezes não há uma resposta definitiva em relação ao tipo de página mais indicada para empresas. Entretanto, uma coisa é certa: é bom sempre escolher o modelo de site que combina com as estratégias do seu negócio.

Mas como saber isso? Veja as características de cada modelo de site e descubra qual é o mais indicado para sua empresa:

Características do onepage:

  • Velocidade de carregamento rápida;
  • Conteúdo mais “direto ao ponto”;
  • Adaptável facilmente a todos os dispositivos (computador, smartphone, tablet, etc.);
  • Design moderno.

Escolha uma onepage se você:

  • Quer apresentar um conteúdo mais “enxuto”, ou seja, não possui conteúdos densos;
  • Não pretende investir em estratégias aprofundadas de marketing digital no site;
  • Precisa de uma solução simples.

Características do multipage:

  • Serve para conteúdos frequentes e mais extensos;
  • Institucional ou comercial;
  • Possibilidade de acrescentar várias páginas em um mesmo site.

Escolha o multipage se você:

  • Deseja postar conteúdos extensos;
  • Vai ter publicações frequentes como notícias e artigos;
  • Pretende investir em um marketing digital mais aprofundado.

Características da landing page

  • Página minimalista, sem muitos elementos;
  • Foco em call to action e textos essencialmente criados nas características de copywriting;
  • Composta por título, formulário, descrição e call to action.

Escolha a landing page se você:

  • Precisa divulgar uma oferta pontual;
  • Quer gerar um alto número de conversões;
  • Deseja adquirir uma base de leads.

Sites multipage, onepage ou landing page: conclusão

É de extrema importância conhecer as diferenças entre sites multipage, onepage e landing page, pois cada um atende a necessidades específicas que precisam estar de acordo com seus objetivos.

Fazendo a escolha correta, criando um site bem construído, intuitivo e organizado, ele será facilmente encontrado e, desse modo, vai atrair cada vez mais clientes para sua empresa.


Ainda não tem um site e quer saber se a sua empresa necessita de um? Ou então quer saber qual modelo se encaixa na sua necessidade? Entre em contato com a gente e solicite mais informações: WhatsApp Gama