OBJETIVOS SMART EM SUA ESTRATÉGIA DE MARKETING

Não é novidade que toda empresa precisa traçar um planejamento para obter sucesso e, nesse sentido, definir objetivos SMART são estratégias fundamentais. Mas o que quer dizer esse termo? É isso que veremos neste post!

Já falamos diversas vezes e sempre repetiremos: o passo ZERO para definição das suas estratégias de marketing é ter planejamento (se você quer saber como, clica AQUI e confere nosso post sobre esse assunto). Dentro dos passos para o planejamento ideal, está a definição de metas bem estabelecidas para que seu negócio tenha sucesso. Mas não pense que isto é uma tarefa muito fácil.

Pode-se dizer que todo empresário tem um grande objetivo ao criar a sua empresa. Nesse sentido esta meta principal está relacionada a obter sucesso, ter retorno financeiro, crescer no seu mercado de trabalho, etc… Mas para chegar até este nível, é preciso definir TODOS os passos, estabelecer metas em cada processo e valorizar as pequenas vitórias.

Então vamos lá, está na hora de conhecer a melhor maneira de fazer isso: definindo objetivos SMART. Antes de mais nada, você precisa saber o que isso, de fato, quer dizer!

Como surgiu o termo SMART?

Apesar de parecer somente mais uma palavra americana (em inglês, smart significa inteligente ou esperto), SMART é um acrônimo formado pelas iniciais das palavras Specific, Measurable, Attainable, Realistic e Time-bound. Como podem perceber, são palavras na língua inglesa. Logo mais veremos o que cada uma delas significa dentro deste contexto.

Voltando portanto ao surgimento deste termo, registros apontam seu surgimento em 1981, por meio do consultor George T. Doran, que publicou um artigo chamado There’s a S.M.A.R.T. Way to Write Management’s Goals and Objectives. Neste artigo, o questionamento principal eram as dúvidas que gestores da época tinham ao definir objetivos nas suas empresas. Doran, então, propôs esta metodologia e esta passou a ser incorporada no mundo dos negócios.

Postada há 10 anos, esta entrevista com Doran revela como surgiu a ideia dos objetivos SMART.

Ao longo do tempo, algumas empresas inclusive adaptaram algumas partes da metodologia, sem modificar, no entanto, a estrutura da palavra. Dessa forma, alguns exemplos são as mudanças para Significant (relevante) para o “S” e Action-Oriented (orientado para ação) para o “A”.

O que significa cada letra da metodologia de objetivos SMART?

Antes de mais nada, definir objetivos pode ser bem amplo. O que você deseja obter ao colocar um produto à venda? A resposta é bem simples: vendê-lo! Porém, como isso será feito e quais indicadores chave de desempenho (Key Performance Indicator = KPI) serão levados em conta? É aí que entram os objetivos SMART!

Objetivos SMART

Agora você entenderá como essa metodologia impactará na sua definição de objetivos SMART.

S – Specific (seja específico)

A primeira orientação é bem clara, voltada à especificidade. É fundamental inserir no seu objetivo SMART exatamente quais esforços você terá que fazer para alcançá-lo. Não basta dizer que deseja “mais usuários visitando seu site”, pois isso é o que todos que têm um site querem. Defina QUANTOS usuários a mais você deseja atrair.

Seja o mais específico possível, pois objetivos amplos tendem a não se concretizar. Mais que isso, tenha muito claro para sua equipe como você irá medir isso tudo, tornando-o perfeitamente tangível.

M – Measurable (defina objetivos mensuráveis)

Métricas! Como saber se você alcançou seu objetivo se não tem como medir esse resultado? Neste caso, é fundamental estabelecer parâmetros para se definir um objetivo que possa ter seu sucesso – ou fracasso – medido posteriormente.

Ao invés de objetivar “obter mais leads nas campanhas de tráfego pago”, projete qual número gostaria de alcançar e defina que gostaria de “obter 25% mais lead nas campanhas de tráfego”, pois você poderá comparar dados e metrificar informações.

A – Attainable (defina objetivos atingíveis)

Essa letra se refere àquela conhecida frase ‘dá uma segurada’. Brincadeira, não é pra tanto, mas tem tudo a ver. É fundamental não ‘viajar’ tão longe na definição do seu objetivo. Portanto, pense em metas que você poderá atingir.

É bacana projetar números desafiadores, mas se fugir do tangível pode se tornar um tiro no pé. Nesse caso, experiência no que está fazendo e benchmarking serão bases fortes para traçar seus planos.

Analise o que o seu negócio pode obter hoje e, depois de executar suas ações, qual a real capacidade do seu negócio e da sua equipe.

R – Realistic (seja realista)

Esta parte do objetivo SMART está diretamente ligada à anterior. Para saber se um objetivo é atingível, é fundamental ser realista e saber exatamente o que seu negócio pode oferecer. Considere limitações, avalie as necessidades e projete – como já falamos – pequenas vitórias.

Nesse caso, superar expectativas a cada objetivo SMART definido pode gerar resultados muito mais expressivos do que eventuais frustrações ou pressões por não bater a meta.

T – Time-bound (defina um prazo)

Objetivos longos não dimensionam exatamente tudo que sua empresa precisa fazer para alcançá-lo. Naturalmente, num processo de desenvolvimento de entrega a dedicação acaba se intensificando na fase final.

Objetivos sem prazo definido são desgastantes e tendem a não se realizarem da melhor forma. Cada objetivo longo não atingido, deve ser refeito e gera perda de dinheiro e retrabalho.

Importante, nesse sentido, é não prorrogar prazos. Ao final do tempo estabelecido, avalie os resultados e REFAÇA o novo objetivo, defina novos planos, ajustando cada parte do objetivo.

Coloque em prática e defina seus objetivos SMART

“Não há nada mais inútil do que fazer bem feito algo que não precisava ser feito”

Peter Drucker

A frase acima, proferida pelo cara que é considerado o Pai da Administração Moderna, sintetiza o que os objetivos SMART querem combater. Em determinados momentos, setores da empresas podem até atingir objetivos sem sequer saber como isto foi feito. Por outro lado, empresários acabam definindo metas amplas e inalcançáveis, o que gera frustrações.

Para que isto fique ainda mais claro para você conseguir colocar tudo em prática, vamos listar alguns exemplos de objetivos SMART.

Como criar objetivos SMART?

Antes de mostrar os exemplos, vamos dar uma dica que certamente irá facilitar sua ação: checklist! De um lado, anote os 5 critérios para um objetivo ser SMART, e, no outro, anote a frase que define seu objetivo. Por fim, cheque quais partes da sua frase estão de acordo com os conceitos.

3 exemplos de objetivos SMART

Aumentar 50% as vendas de cursos online até dezembro de 2020.

  • É específico? Sim, pois define quanto de aumento a empresa quer gerar nos cursos online.
  • É mensurável? Sim, pois a empresa sabe quantos cursos online vendeu no primeiro semestre de 2020.
  • É atingível? Sim, porque a empresa aumentou a oferta de cursos online.
  • É realista? Sem dúvidas, pois a procura por cursos online mais que dobrou durante o período de pandemia.
  • Tem um prazo? Sim, o objetivo precisa ser cumprido até o final desse ano.

Triplicar o número de publicações no blog da minha loja em 2 meses.

  • É específico? Sim, pois define quantas publicações a mais a loja deverá fazer.
  • É mensurável? Sim, pois a empresa já tem um blog com frequência baixa de postagens.
  • É atingível? Sim, porque a loja designou um profissional para produção dos textos.
  • É realista? É, pois outras lojas do mesmo segmento têm obtido bom resultado com uma frequência de postagens até superior.
  • Tem um prazo? Sim, o objetivo precisa ser cumprido em até dois meses.

Aumentar a avaliação média da empresa no Google Meu Negócio em 100% nos próximos 3 meses.

  • É específico? Sim, pois define o dobro como meta de aumento nas avaliações.
  • É mensurável? Sim, pois a empresa tem a média de avaliações mensais como parâmetro.
  • É atingível? Sim, as vendas aumentaram e as buscas no perfil da empresa triplicaram no último mês.
  • É realista? Sim, pois o próprio relatório do Google indica que outras empresa estão obtendo resultado superior.
  • Tem um prazo? Sim, o objetivo precisa ser cumprido em até três meses.
Reúna os tomadores de decisão da sua empresa e defina objetivos SMART para cada setor!


RESUMO
  • Se você não tem um norte, você não tem um caminho a seguir;
  • Fuja de objetivos amplos, genéricos e com prazos longos;
  • Aposte em metas claras, específicas e com prazo estabelecidos;
  • Saiba onde você quer chegar, mas defina objetivos SMART para desenvolver seu caminho até lá;
  • Relacione seus KPIs com os objetivos SMART e acerte em cheio;
  • Valorize as pequenas vitórias;

Gostou do nosso conteúdo? Se você acha que isso tudo faz sentido para o seu negócio e quer saber um pouco mais sobre como colocar em prática, estamos aqui! Feedbacks são ótimos e a gente adoraria colaborar ainda mais com você. Escreva para o Fernando Potrick, nosso head de conteúdo: potrick@gama.etc.br.

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter

© Todos os direitos reservados. Desenvolvido com criatividade