POR QUE O BRIEFING NO MARKETING DIGITAL É TÃO IMPORTANTE?

briefing no marketing digital

Talvez você não saiba, mas o briefing no marketing digital é a evolução de um conceito que pode ser aplicado em diversos setores. Para desenvolver um projeto com eficiência, sempre será fundamental ter um bom briefing. Afinal, é nele que vão constar todas as informações importantes como prazos, metas, dados do cliente e instruções de como realizar o trabalho.

Muitas vezes as empresas não dão a atenção devida à criação do briefing para um projeto. Às vezes por falta de tempo ou simplesmente por não saber a importância de centralizar todas as informações num mesmo documento.

Por isso, vamos mostrar porquê você deve começar agora mesmo a fazer briefings para o marketing digital de sua empresa:

O que é briefing?

Briefing significa “instrução” em inglês. Ou seja, é um tipo de documento que organiza todas as informações necessárias para realizar um projeto no marketing digital. Esse projeto pode ser desde uma campanha publicitária até um planejamento de posts para redes sociais.

No briefing deve constar o máximo de detalhes possível, como os objetivos do projeto, identidade visual, público-alvo, história da empresa, resultados a serem atingidos, entre outras questões relevantes.

Em resumo, o briefing é uma espécie de manual de instruções para a execução de um trabalho.

Por que o briefing no marketing digital é importante?

É primordial criar um briefing no marketing digital, e isso se dá por um simples motivo: assim, o projeto será bem executado. Pois ao receber todos os detalhes, a empresa/agência saberá exatamente o que o cliente deseja.

Um erro gravíssimo é deixar o briefing de lado, na intenção de iniciar com mais rapidez o serviço. Essa atitude pode ser um tiro no pé tanto do cliente quanto da empresa. Afinal, um briefing mal executado faz com que o profissional responsável não tenha a orientação necessária para realizar o projeto.

Por exemplo: o cliente deseja que uma campanha de anúncios seja direcionada apenas ao público masculino. Se isso não for explícito no briefing, ele perderá dinheiro, visto que a equipe irá investir em mídia paga direcionada tanto a homens quanto mulheres.

Por isso é extremamente importante criar um briefing detalhado. Além de orientar a equipe na execução de um projeto de qualidade, ele antecipa diversos problemas que podem surgir. Como erros no direcionamento de público-alvo, que exemplificamos acima.

Benefícios do briefing no marketing digital

Um briefing bem elaborado traz inúmeros benefícios para a agência e o cliente. Os primeiros deles:

  • Organizar o fluxo de ideias;
  • Direcionar as tarefas dentro do projeto;

Além disso, quando o cliente dá detalhes sobre um produto ou serviço fica muito mais fácil ter ideias de como elaborar a criação de conteúdo.

Mas, acima de tudo, o briefing serve para garantir que o cliente e a agência estejam falando a “mesma língua”. Ou seja, que estejam de acordo com o que deve ser feito.

Porém, o que exatamente deve constar no briefing para que isso ocorra? Veja a seguir:

O que um briefing no marketing digital precisa ter?

O segredo para um bom briefing é perguntar as coisas certas ao cliente. Isso porque assim ele pode responder de forma clara todos os detalhes importantes do trabalho.

Uma dica é criar um formulário com as seguintes perguntas:

Quem é o cliente?

Peça para o cliente falar sobre a história da empresa, missão, visão e valores, produtos e serviços, concorrentes e quais problemas ele soluciona.

O que o cliente já fez em comunicação?

Pergunte e faça um compilado de todas as ações de marketing que a marca do cliente já desenvolveu. Saiba se ele possui site, redes sociais, identidade visual e principalmente os resultados dessas ações..

Objetivo do projeto?

Procure entender o motivo pelo qual o cliente deseja realizar o serviço de marketing digital e quais resultados ele espera alcançar com este projeto.

Detalhes técnicos do projeto?

Pergunte sobre o público-alvo, mídias utilizadas, orçamento disponível e identidade visual. Verifique também se há algo que o cliente não quer que seja feito.

Quais são os prazos?

Por fim, alinhe com o cliente os prazos do projeto. Além disso, veja se é possível conciliar a expectativa do cliente com a capacidade de produção da agência.

Um briefing bem estruturado reflete diretamente na organização de um projeto.

Ao organizar o documento por segmentação e com detalhes, as equipes de cada área (como criação, planejamento, mídias, etc.) terão em mente o que deverão fazer de forma clara e objetiva, evitando assim retrabalhos  desnecessários e resultados mais assertivos.


Então agora que você entende a importância de um briefing para serviços de marketing digital, certifique-se sempre de criá-lo na hora de realizar seus projetos!

E se o seu objetivo é revolucionar a sua marca no digital, só um belo briefing não irá adiantar. Conte com a Gama para auxiliar a sua marca em um projeto completo de marketing digital!

MODELO FREEMIUM: JÁ CONHECE ESSA ESTRATÉGIA?

freemium-entenda-esse-modelo-de-negocio

O modelo Freemium é uma estratégia de negócio muito utilizada por várias empresas atualmente. Trata-se do oferecimento de um serviço totalmente gratuito mas com certas limitações, que podem ser supridas a partir do momento em que o cliente compra a versão paga, que disponibiliza recursos extras e mais desenvolvidos.

Com a explosão de serviços no meio digital e cada vez mais empresas surgindo nos mais variados segmentos, é muito importante se atualizar sobre o mercado e adotar novas estratégias para satisfazer o cliente, fidelizá-lo e, por fim, não perder para a concorrência.

Por isso, vamos te mostrar mais detalhes sobre o modelo Freemium e como você pode aderir essa estratégia para sua empresa:

Como funciona o modelo Freemium?

O princípio do modelo freemium é oferecer um produto ou serviço que supra as dores do cliente de maneira totalmente gratuita.

Contudo, o plano gratuito não oferece todos os benefícios do serviço, e a partir do momento em que o cliente sentir a necessidade de obter a experiência completa, poderá assinar um plano pago com todas as funcionalidades liberadas.

O objetivo da estratégia de negócio freemium é conquistar os clientes a longo prazo. Ou seja, ele utilizará o serviço gratuitamente, conhecerá tudo o que pode oferecer, porém, para ter acesso a todos os recursos, precisará assinar o plano pago.

Você pode estar imaginando que o freemium seria como uma amostra grátis, não é mesmo? Mas existem muitas diferenças entre as duas modalidades:

O propósito do freemium é oferecer uma experiência que agrade o cliente a ponto dele por si só perceber o valor do produto e enfim assinar o plano pago espontaneamente.

Outra diferença é que as amostras têm um prazo de duração. Já no modelo freemium, o usuário que não deseja pagar continua a utilizar o produto ou serviço sempre que quiser, porém, com suas limitações.

Vantagens de adotar o modelo Freemium

Em resumo, a maior vantagem do Freemium é fidelizar clientes a partir de uma experiência de qualidade para o usuário e com isso aumentar o alcance e reconhecimento da sua marca.

De início, pode parecer que não vale a pena pagar por um serviço que disponibiliza uma versão gratuita, entretanto, conforme o usuário torna a utilização do serviço um hábito, ele certamente vai sentir necessidade em adquirir os recursos extras exclusivos na versão paga em algum momento.

Sendo assim, esses usuários gratuitos são como uma espécie de leads, que podem virar clientes

Ou seja, de maneira geral, as vantagens do Freemium são:

  • Aumentar o alcance da marca
  • Adquirir leads
  • Criar um bom relacionamento com o cliente
  • Causar uma experiência de qualidade para que o usuário compre o serviço

Exemplos de negócios que utilizam o modelo Freemium

Spotify

O Spotify é um dos negócios mais famosos que possuem o modelo Freemium e obtêm ótimos resultados.

Spotify é um excelente exemplo de modelo freemium
O serviço é gratuito. Mas quem consegue aproveitar ao máximo o Spotify num plano free?

O streaming de música permite ouvir artistas, músicas e álbuns, bem como criar playlists ilimitadas tanto para usuários gratuitos quanto pagos.

A diferença é que os usuários gratuitos são interrompidos frequentemente por anúncios no intervalo de uma música para outra, enquanto quem opta pela assinatura paga pode ouvir sem interrupções além de poder baixar as músicas para ouvi-las offline.

Segundo dados divulgados pela empresa, no primeiro trimestre de 2021 a receita vinda de assinaturas cresceu 14% na comparação ano a ano e chegou a 1,9 bilhão de euros. Isso significa que mesmo disponibilizando a versão gratuita, o número de assinaturas pagas só aumenta.

MailChimp

O MailChimp é uma das maiores plataformas de disparo de e-mail marketing do mundo. Esse sucesso se deve ao fato de oferecer diversas funcionalidades grátis que cumprem as necessidades de pequenos empreendedores.

Modelo freemium clássico com Mailchimp
Uma das melhores opções de mail marketing gratuitas. Ou pago!

O modelo freemium do MailChimp concede acessos a todos os recursos gerais na versão gratuita, contudo, possui a limitação de 2.000 leads cadastrados e envio de até 12.000 e-mails por mês.

Se você deseja – ou necessita – ultrapassar esses limites, precisa assinar a conta premium.

Dropbox

O Dropbox, serviço de armazenamento e compartilhamento de arquivos na nuvem, é outro que possui o modelo Freemium.

Armazenamento gratuito? Com Dropbox, só freemium mesmo
Armazenamento grande não tem como ser gratuito. E é aí que o Dropbox entra.

Todos os usuários podem salvar, acessar e compartilhar arquivos em qualquer lugar. Porém, a versão gratuita oferece apenas 2 GB de armazenamento.

Quem necessita de um espaço de armazenamento maior pode optar pelos planos pagos específicos para pessoas físicas e jurídicas.

Canva

O Canva é uma ferramenta de design gráfico com templates prontos e personalizáveis de diversas peças visuais.

Templates para todos os formatos, sites, modelos e necessidades.

A versão gratuita do Canva tem modelos um pouco mais limitados e sua equipe de colaboração pode ter até 10 membros.  Além disso, certas imagens, elementos e fontes só estão disponíveis na versão paga.

Já a conta Pro, permite a criação de equipes com 30 membros, além de acesso a cerca de 75 milhões de imagens, gráficos animados, arquivos de áudio e vídeo.  Outras funcionalidades são o upload de fontes personalizadas, paletas de cores e a possibilidade de salvar modelos.


Assim como essas grandes empresas do mercado atingiram o sucesso com o modelo Freemium, você também pode adotar a estratégia em seu negócio. Os centros de reparação automotiva, por exemplo, geralmente oferecem uma inspeção veicular gratuita para chamar a atenção do cliente nos períodos de férias, quando ele mais procura esse tipo de serviço.

Outras empresas, sejam elas tradicionais, negócios locais, startups ou mesmo multinacionais digitais, também podem aderir ao modelo freemium de oferta. Basta saber adaptar a estratégia ao seu segmento e começar a conquistar novos clientes!

Gostou do nosso conteúdo? Se você acha que isso tudo faz sentido para o seu negócio e quer saber um pouco mais sobre como colocar em prática, estamos aqui! Feedbacks são ótimos e a gente adoraria colaborar ainda mais com você. Escreva para o Fernando Potrick, nosso head de conteúdo: potrick@gama.etc.br.