MARKETING DE CONTEÚDO X INBOUND MARKETING

Você sabe diferenciar Marketing de Conteúdo x Inbound Marketing? Hoje vamos esclarecer esta dúvida que está na cabeça de quase todo mundo que começa a explorar o marketing digital.

Quando iniciamos a nossa trajetória na comunicação digital, impossível não acharmos inúmeros conteúdos sobre dicas e técnicas infalíveis para alavancarmos as nossas marcas e aumentarmos as nossas vendas. E temos certeza de que 9 em cada 10 dicas oferecem soluções envolvendo Marketing de Conteúdo e/ou Inbound Marketing.

Mas você sabe como estas técnicas surgiram e quais são os motivos que as tornaram tão famosas? Mais que isso, você sabe por que muitos ainda se perguntam se elas competem entre si ou se complementam? Vamos estudar um pouco mais hoje, então. Bora!

Escola de Cleveland x Escola de Boston

Parece que essa mania de competição nunca vai acabar, não é mesmo? A gente nem curte tanto, mas sabemos que ela existe, chama a atenção e por isso deixamos o título assim mesmo =D. Vamos ao que importa: o desenvolvimento das técnicas surgiu nessas duas cidades americanas, a partir de conceitos estruturados por profissionais de alto impacto. Ainda assim, as técnicas não são tão novas. 

Content Marketing Institute | Marketing de Conteúdo

Joe Pulizzi é um empresário, palestrante e autor de inúmeros materiais de marketing de conteúdo, considerado o pai da metodologia. Após muitos anos de trabalho envolvendo estudos e práticas, Joe percebeu que as marcas chegavam até ele com muitas dúvidas sobre o tema. Eis que ele cria, em 2011, o Content Marketing Institute (CMI). Sediado em Cleveland (EUA), o CMI é a principal organização  global de educação e treinamento em marketing de conteúdo, ensinando as marcas a atrair e reter clientes por meio de narrativas atraentes multicanal.

Não por acaso, a Escola de Cleveland recebe este nome. Atualmente a organização conta com uma série de iniciativas envolvendo a comunidade que desenvolve o marketing de conteúdo globalmente, oferecendo materiais riquíssimos através de materiais especiaiseventos e canais digitais.

Chamada para Content Marketing World 2020

Exemplos

Mesmo sendo tão aplicado atualmente como uma alternativa de sucesso, o uso efetivo dessa técnica é bem antigo. Você sabe quando foi observada a primeira iniciativa de marketing de conteúdo do mercado? Em 1895, com o lançamento da revista The Furrow, especializada no mercado agro. Esta iniciativa foi feita pela empresa John Deere com o objetivo de se aproximar do seu consumidor através de um periódico focado em falar sobre os problemas do mercado, e não por meio de catálogos com ofertas de produto e/ou serviço.

Naturalmente, ela cresceu em popularidade e autoridade, e se mantém forte até hoje. No Brasil, identificou-se um movimento semelhante com a criação do Almanaque do Biotônico Fontoura em 1920, revista anual de divulgação publicitária que chegou a ter uma tiragem de cem milhões de exemplares em 1982.

Almanaque do Biotônico Fontoura
Capa de uma edição do “Almanaque do Biotônico”

Hubspot | Inbound Marketing

“Existe essa ideia de que, para expandir uma empresa, você tem que ser implacável. Mas nós sabemos que há uma maneira melhor de crescer. Uma maneira na qual o que é bom para os resultados da empresa também é bom para os clientes. Nós acreditamos que as empresas podem crescer com consciência e vencer com alma, e que elas podem fazer isso com o inbound. Foi por isso que criamos uma plataforma que une software, educação e comunidade para ajudar empresas a crescer melhor todos os dias”

Esta é a missão da empresa Hubspot, criada em 2005 pelos então ex-colegas de pós graduação no MIT, Dharmesh Shah e Brian Halligan. Brian e Dharmesh notaram uma mudança na forma como as pessoas pesquisavam e compravam produtos e serviços. Os consumidores não estavam mais tolerando a disputa por sua atenção. Na verdade, ficaram muito bons em ignorá-la.

Dessa mudança, nasceu uma empresa. Ela foi fundada com base no conceito de “inbound”, a noção de que as pessoas não querem ser interrompidas por profissionais de marketing ou incomodadas por vendedores, mas querem ajuda. (Este material é o conteúdo original do site da empresa). 

A solução criada pela empresa é, de fato, incrível. Aqui na Gama gerenciamos nosso pipeline de vendas diretamente desta plataforma. Ah, e apenas para ficar claro. A sede da Hubspot é em Boston (EUA). 

Vídeo institucional do Hubspot

Amigos ou rivais?

A imagem que escolhemos para ilustrar esse post talvez tenha causado alguma estranheza, não? Então, ela mostra um embate entre adversários, figuras que todos nós conhecemos ou já ouvimos falar: Messi e Neymar. Eles são amigos. E são adversários! Será mesmo?

Inbound Marketing x Marketing de Conteúdo: Messi x Neymar rivais no clássico
Messi e Neymar disputam a bola, no clássico Brasil x Argentina
Foto: Getty Images

Com suas diferenças e semelhanças, as duas técnicas que estamos falando ainda causam confusão em quem inicia sua estratégia de Marketing Digital. E é normal, não se preocupe. Acontece que muitas das atuações dentro das duas abordagens possuem estratégias que se complementam, e outras que se diferenciam.

Inbound e Conteúdo: Na prática

MARKETING DE CONTEÚDOINBOUND MARKETING
Utilizado para desenvolver entregas (diretas ou indiretas) para os clientesUtilizado para atrair potenciais clientes (por ações específicas) e vender
Amplo, podendo ser uma estratégia aplicada a diversos objetivos dentro de um planejamento de Marketing DigitalPrático, detalhado, bem estruturado, valendo-se de diversas outras técnicas para atingir seu objetivo
Utilizado para posicionamento de marca, branding, retenção de clientes e, também conversão para vendasFocado em conversão para vendas, não se aplica a outras estratégias de relacionamento com cliente
Conteúdo relevante sem promover explicitamente a marca, tornando a interação com o cliente uma ação naturalAções voltadas para atrair potenciais clientes e vender, utilizando ferramentas de automação para executar e mensurar estas ações

Enquanto o conteúdo persegue objetivos tão amplos quanto o próprio marketing, o Inbound dedica-se a um objetivo específico de venda. Em decorrência disso, diversos tipos de empresas estão aptos a adotarem o marketing de conteúdo como estratégia principal de marketing. Enquanto o Inbound é escolhido estritamente por empresas que necessitem gerar negócios a partir dos leads conquistados.

Inbound e Conteúdo: abordagem

Na prática, são estratégias diferentes, mas que podem funcionar muito bem juntas. A diferença básica é a abordagem! Aqui na gama, variamos a utilização das técnicas, mas naturalmente o resultado é melhor quando as aliamos para chegar ao que chamamos de Marketing de Verdade. O livro They Ask You Answer, do autor, Marcus Sheridan, reforça essa ideia de forma mais elaborada:

“Inbound marketing é a técnica de atrair clientes em vez de persegui-los. Marketing de conteúdo consiste em ensinar algo aos clientes para, assim, ganhar sua confiança.”

Se o seu negócio tem como objetivo final a venda, certamente a escolha perfeita é unir as estratégias. Assim, você irá aliar a qualidade e a assertividade do conteúdo, com a precisão e a conversão do Inbound. Assim voltamos a Joe Pulizzi, que define a pressa como a maior inimiga destes processos.

“O problema é tentar encurtar demais o processo e partir para as vendas. Não funciona assim. Normalmente, as empresas demoram meses ou anos para ter resultados. Ninguém quer ouvir isso, mas é a pura verdade.”

O que nos prova que realmente é a mais pura verdade é uma pesquisa da Email Monday, que apontou que, dentre as empresas americanas que adotaram inbound marketing, 32% perceberam resultados depois de seis meses a dois anos, enquanto 60% desistiram. Sabe por que elas desistiram? Pressa!!!

Quem vence essa batalha?

Inbound Marketing + Marketing de Conteúdo: Messi e Neymar juntos, com Suárez, no Barcelona
Lembra da foto de Messi x Neymar no duelo entre Argentina x Brasil? Então, eles são ótimos! E esta foto comprova que são muito melhores JUNTOS!
Foto: Getty Images

A resposta certa é: a sua empresa! Ou na nossa metáfora: o Barcelona, que venceu tudo quando teve Messi e Neymar juntos! Basta saber qual estratégia melhor se adapta ao seu negócio, e partir pra cima. Sabe aquela batalha que a gente falou lá no início? Ela não tem um vencedor e nem tem dois lados opostos. Vimos nesse post que, no fim das contas, quem vai decidir o que mais dá certo é o cliente. Não tem regra, não tem receita de bolo. Entenda seu público, conheça seu mercado e adote a estratégia que der o melhor resultado!


Resumo
  • Marketing de Conteúdo e Inbound Marketing são estratégias diferentes
  • Surgidos nos EUA, os conceitos fazem parte de duas vertentes do marketing
  • Ambas estratégias podem ser utilizadas pela sua empresa, em diferentes estágios
  • Assim como Neymar e Messi, estas técnicas são boas separadas, mas melhores juntas. Considere utilizá-las como aliadas e potencializar seu negócio
  • Nessa “disputa”, quem vence é a sua empresa

Gostou do nosso conteúdo? Se você acha que isso tudo faz sentido para o seu negócio e quer saber um pouco mais sobre como escolher a melhor estratégia de marketing e colocar em prática, estamos aqui!  Feedbacks são ótimos e a gente adoraria colaborar ainda mais com o seu negócio. Escreva para o Fernando Potrick, nosso head de conteúdo: potrick@gama.etc.br

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter

© Todos os direitos reservados. Desenvolvido com criatividade