PLANEJAMENTO DE MARKETING EM 4 ETAPAS

Você vai saber como o planejamento de marketing ajuda a estruturar ações para que a sua empresa explore o Marketing de Verdade e revolucione suas vendas!

Se você é um leitor frequente deste blog já deve saber o que é Marketing de Verdade, certo?! Mas se você é novo por aqui ou ainda não conhece o conceito, temos um texto completo que pode te ajudar – leia AQUI!

O consumidor busca a resposta perfeita para a pergunta mais complexa no menor tempo possível, o que exige agilidade e assertividade em qualquer ponto de contato. Você sabia que 70% da população brasileira tem acesso à internet?

Além disso, mais de 184 milhões de brasileiros são usuários ativos de redes sociais, número que representa mais de 88% da nossa população. Se a gente considerar o volume de buscas no Google em todo o mundo, há mais de 77,4 MIL (!!!) buscas por segundo.

agilidade e implementação rápida

Bom, isto parece óbvio se pensarmos na quantidade de pessoas com telefones na mão em qualquer canto da cidade, mas é muito impactante quando listado dessa forma. Por isso, mais do que nunca, a organização de dados e a definição de estratégia é essencial para a sua empresa trabalhar neste mercado mais digital do que nunca. Aí entra o Planejamento de Marketing.

Informações organizadas

São tantas informações disponíveis no mercado que elas precisam ser organizadas. Pense que o Google faz isso muito bem, seja pela complexidade analítica de seus algoritmos e o constante aperfeiçoamento (relatórios mostram que eles fazem entre 500 e 600 atualizações por ano) ou pelos critérios cada vez mais detalhistas e objetivos de seus usuários. Então se você quer se comunicar digitalmente e aparecer bem no Google e em qualquer outro canal, você precisa seguir alguns passos para organizar a sua oferta e chegar nas pessoas certas. Por isso vamos criar uma série de textos que terá como guia central 5 temas.

Planejamento de Marketing: ciclo de gestão do marketing
Ciclo de gestão do Marketing de Verdade

Hoje vamos explorar o Planejamento de Marketing e tudo o que pode e deve ser feito antes de comunicar a sua marca com o mercado. Os próximos temas serão Tráfego, Conversão, Relacionamento e Métrica, nesta ordem. Com textos práticos e guias para implementação, vamos desenvolver habilidades que você ainda nem sabe que tem. Bora?!

Planejamento de Marketing e comunicação estratégica

Toda a marca que está presente no mercado tem como principal objetivo resolver um grande problema, ou seja, a sua marca está viva para apresentar a melhor solução para alguém. E para que a sua marca exista e se mantenha forte, esse alguém deve ser plural e pagar regularmente você para ter acesso aos seus produtos e serviços. Por isso, organizar muito bem a forma como você se comunica é um passo que vai ditar se você terá sucesso ou fracasso. Vamos te ajudar a organizar isso tudo em 4 etapas: Posicionamento, Público, Objetivos e Recursos.

Posicionamento

Ninguém conhece mais do seu negócio do que você mesmo! Certo? Esta é a resposta ideal, mas não se preocupe caso ela não faça (ainda) muito sentido para você. Com alguns pequenos questionamentos e um esforço básico, você vai ter essa resposta ao seu lado.

Planejamento de Marketing: auto conhecimento
Invista sempre em autoconhecimento!

Aplique as 5 perguntas de sucesso do autoconhecimento agora mesmo e comece a jogar junto com a sua marca. Sim, pois você é o seu principal aliado. Um gestor de qualquer empresa, não importa o seu tamanho, está incumbido de milhares de tarefas diárias e a grande maioria não tem relação direta com a solução que é entregue para o mercado. Seja a liberação de alvará que tem que ser conversada com o contador ou o ajuste da descarga do lavabo do escritório, tudo acaba passando pela sua mão. Por isso que o estudo da sua marca tem que ser fácil e objetivo. Para isso, separamos o guia abaixo que vai te ajudar a esclarecer quem realmente você é!

O que?Produtos e/ou serviços? Detalhe como são as suas entregas para o mercado.
Como?De que maneira você conecta a sua solução com o seu consumidor? Anote!
Para quem?Qual o perfil do seu consumidor ideal? Caso sejam vários, detalhe cada um.
Quando? Com que frequência estas vendas são feitas? Liste os horários exatos delas.
Onde?Você possui um endereço físico ou é digital? Pode ser ambos, lápis na mão!

Público

Finalizado o processo de autoconhecimento, o objetivo agora é conhecer profundamente o seu consumidor. E para que você tenha acesso ao maior acervo possível de informações, vamos dividir este processo de busca de dados em duas etapas, separadas pelas seguintes técnicas: Público-Alvo e Persona.

Público-alvo

O público-alvo se refere a um grupo específico de consumidores ou organizações que compartilham um perfil semelhante. Através de uma pesquisa você deverá encontrar informações relacionadas ao seu comportamento de compra, hábitos de consumo, classe social, dados demográficos, condição socioeconômica e preferências. Estas informações podem ser encontradas em ferramentas analíticas das redes sociais, com parceiros comerciais como associações comerciais e sites de organizações públicas. Procure nortear suas pesquisas com 3 principais perguntas, mesmo que para chegar nestas respostas você precise detalhar um pouco mais. Mas foque nelas:

  • Por que as pessoas se beneficiam ao usar seu produto ou serviço?
  • Quem são estas pessoas?
  • Existem grupos distintos que podem utilizar o seu produto ou serviço?

Persona

Persona é um personagem fictício criado para representar diferentes tipos de usuário a partir de seus comportamentos e atitudes. Também pode ser definido como um método de segmentação de mercado complementar ao Público-alvo. Esta técnica permite que você evolua das possibilidades de pessoas que consumiriam a sua solução para a pessoa certa que vai consumir a sua solução. Belo passo, não?!

CASO VOCÊ TENHA INTERESSE, SOLICITE AGORA O NOSSO GUIA DE CRIAÇÃO DE PERSONA

Como apresentamos técnicas complementares de estudo e definição de público, vamos traçar um breve comparativo para que você possa entender melhor os benefícios individuais. Mas o seu esforço deve ser feito nos dois lados para uma compreensão clara de público.

PÚBLICO-ALVOPERSONA
Definição amplaDefinição específica
Não fala sobre hábitosDetalhes sobre hábitos e profissão
Não se refere a uma pessoa específicaHá um personagem específico
Pessoas que podem se interessarConsumidor ideal
Planejamento de Marketing: Náufrago e sua persona, Wilson
Seria Wilson a persona ideal do personagem de Tom Hanks no filme “Náufrago”?

Objetivos

Se você não tem um norte, você não tem um caminho para seguir. Por isso, alinhar os objetivos de negócio aos objetivos de marketing é uma obrigação. Mas existe uma certa complexidade na definição do que realmente quero, quando quero e como posso mensurar isso, não é verdade?! Por isso indicamos o uso da técnica SMART. Criada nos Estados Unidos, o seu nome é inspirado na primeira letra de cada palavra que ditam as especificidades que devem ser consideradas na definição das suas metas. Confira:

  • Specific (Específico): Você deve ser específico na hora de definir um objetivo, quanto mais detalhado, melhor.
  • Measurable (Mensurável): Além disso, ele deve ser mensurável, pois de nada adianta eu buscar qualquer coisa.
  • Attainnable (Atingível): E para que eu me mantenha motivado, esta ação deve estar dentro de uma possibilidade real.
  • Realistic (Realista): Não posso considerar uma revolução completa, e sim um bom avanço a partir de uma situação conhecida.
  • Time-bound (Temporal): Tudo isso deve respeitar um prazo, e um prazo não muito longo. No máximo um ano!

QUERO AUMENTAR AS VENDAS DOS CURSOS ONLINE EM 50% ATÉ 20 DE DEZEMBRO DESTE ANO

Este pode ser um Objetivo SMART da Gama para a temporada pós pandemia COVID-19, não?!

Recursos

Tempo é dinheiro e não é blablabla. Por mais clichê que essa afirmação possa parecer, sempre é atual e muito verdadeira. Para avançar em marketing e evoluir na gestão da sua marca, considere sempre o Tempo, a Equipe e as Finanças do seu negócio. Com estes dados em mãos, você vai conseguir estruturar uma linha de ação baseada nos recursos mais e menos escassos e criar um roteiro de atuação em marketing baseado na sua realidade.

  • Tempo: defina quantas horas as pessoas da sua equipe têm para dedicar ao marketing
  • Equipe: liste todos os profissionais que podem ser capacitados para atuar nesta área
  • Finanças: faça uma previsão de orçamento anual para investir em marketing

Com este levantamento você vai identificar o que é possível ser desenvolvido internamente e o que demanda uma contratação terceirizada. Não esqueça que para chegar aqui você já investiu tempo suficiente para conhecer melhor a sua marca, o seu mercado e definiu objetivos claros. Grande parte das empresas não consegue desenvolver ações técnicas da área de marketing internamente, como criar um novo site, por exemplo. Para isso, o levantamento destes dados é fundamental, pois você sabe que com um recurso X você poderá treinar um profissional para gerenciar as suas redes sociais.

Planejamento de Marketing: não tente abraçar o mundo
A imagem é linda, mas não tente reproduzir isso na sua empresa
Resumo
  • O seu consumidor é cada dia mais veloz, acompanhe!
  • Invista tempo no desenvolvimento de estratégias de Planejamento de Marketing alinhadas ao seu negócio;
  • Autoconhecimento! Ninguém conhece mais do seu negócio do que você mesmo;
  • Público-alvo + Persona: técnicas complementares infalíveis;
  • Saiba quais são os seus principais recursos e se agarre neles para abraçar o mundo!

Gostou do nosso conteúdo? Se você acha que isso tudo faz sentido para o seu negócio e quer saber um pouco mais sobre como colocar em prática, estamos aqui! Feedbacks são ótimos e a gente adoraria colaborar ainda mais com você. Escreva para o Fernando Potrick, nosso head de conteúdo: potrick@gama.etc.br

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter

© Todos os direitos reservados. Desenvolvido com criatividade